Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Prefeitura já realizou quase 120 mil testes na guerra contra a Covid-19


A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde (SMS), não tem economizado esforços para rastrear a Covid-19 na capital baiana desde o início da pandemia. De abril até agora, foram realizados quase 120 mil testes rápidos, sendo 113.088 mil ofertados durante as ações restritivas em 51 bairros e 6.734 procedimentos feitos nas blitz espalhadas pela cidade em parceria com a Transalvador.  


Dos 113.088 testes feitos durante as ações de proteção à vida nos bairros, 30.335 resultados positivos foram identificados. Com relação aos 6.734 procedimentos realizados nas blitz espalhadas pela cidade, 1.038 pacientes apresentaram a doença

De acordo com a técnica Helena Lima, membro do Centro De Operações Emergenciais da Covid-19, a testagem é fundamental por se tratar de uma doença que pode ter diversos tipos de evolução, incluindo casos assintomáticos, leves e graves. Além disso, testar ao máximo a população é uma das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) no enfrentamento à pandemia.  

“Desde abril que iniciamos a testagem em massa e objetivo dessas ações é ampliar o diagnóstico da Covid-19. Geralmente, os graves chegam pelas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), PAs (Pronto Atendimentos) e hospitais onde são realizados os testes. Os casos leves podem se confundir com síndromes gripais e ficarem subnotificados. Então, para melhorar o nível de diagnóstico, a Prefeitura tem realizado testes rápidos para a população, através de postos itinerantes”, explica.  

Como funciona - Os testes rápidos têm resultados liberados entre 20 e 30 minutos e são capazes de identificar a produção de anticorpos no organismo, sendo os do tipo IGM, aqueles que mostram infecção recente, ou os classificados como IGG, produzido pelo indivíduo depois que ele já está curado. 

O percentual de segurança desse procedimento, segundo a OMS, é de 96%. Em caso de resultado positivo, o paciente é encaminhado para isolamento e passa a ser monitorado pela SMS.  

“Essas operações de testes são consideradas fundamentais para que seja aumentada a capacidade de diagnóstico e, a partir da identificação, se adotar o mecanismo de prevenção. Aquelas pessoas que tomam ciência do diagnóstico vão reforçar as medidas de isolamento social e o tratamento, caso seja necessário”, diz Helena Lima.  

PCR na Lapa – Somados aos testes rápidos, a Prefeitura também tem realizado o exame de detecção do novo coronavírus do tipo RT-PCR, no posto no localizado na Estação da Lapa (clínica LapaMed, em frente ao Salvador Card). Considerado o “padrão ouro” ou “padrão de referência”, o exame que identifica o vírus e confirma a Covid-19. Para isso, o teste busca detectar o RNA do vírus através da amplificação do ácido nucleico pela reação em cadeia da polimerase.

As amostras são coletadas através de swabs (cotonetes) de nasofaringe (nariz) e orofaringe (garganta). A amostra é submetida a apreciação em laboratório e tem resultado em um prazo o mínimo de 48 horas.

Passageiros que apresentam febre, identificada pelo sistema de câmeras capazes de medir a temperatura implantados na Estação da Lapa, são encaminhados para a testagem. Até agora, 86 usuários do transporte público foram submetidas ao exame e 14 testaram positivo. 

 Foto: Jefferson Peixoto/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑