Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

UPA Santo Antônio contabiliza mais de três mil atendimentos

Foto: Max Haack/Secom 

Em um mês de funcionamento, a UPA Santo Antônio, no bairro de Roma, já realizou mais de três mil atendimentos. O total contabiliza 3.477 ações, entre consultas clínicas, ortopédicas, pediátricas e pacientes que passaram pelo atendimento psiquiátrico. Neste período, também foram detectados 103 pessoas com o novo coronavírus. As aferições foram realizadas através de testes rápidos e swab nasofaríngeo (cotonete estéril). 

A UPA conta ainda com o Serviço de Atenção Domiciliar e o atendimento de odontologia de urgência. O equipamento tem uma equipe de 191 profissionais. A unidade se soma a outras nove entregues pela Prefeitura, em sete anos e meio de gestão. O atendimento psiquiátrico, até então inédito nas UPAs, funciona em regime 24 horas e já realizou 80 atendimentos. 

De acordo com a coordenadora da unidade, Ana Paula Mattos, o serviço tem sido um suporte importante para população da localidade, levando em consideração a quantidade de moradores de rua e idosos que vivem na região. “Muitos chegam agressivos e com outras alterações clínicas importantes. Nós atendemos na psiquiatria e já cuidamos das outras demandas. O paciente já sai daqui com todas as prescrições medicamentosas e encaminhamentos necessários”, diz. 

A psiquiatria também tem sido fundamental para dar suporte ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que possui uma base no espaço físico da UPA. “Agora, também somos referência para os casos de pacientes em surto que o Samu atende e nos encaminha”, explica Mattos. 

Além da psiquiatria, são oferecidos os serviços nas áreas de medicina clínica, pediátrica, ortopédica, enfermagem, odontologia, serviço social, farmácia e apoio diagnóstico. Com mais de quatro mil metros quadrados de área, e investimento de R$ 10 milhões, a UPA Santo Antônio chega em um período importante no enfrentamento da Covid-19, além de suprir a carência da região no atendimento de urgência e emergência. 

“Neste momento de pandemia, o fluxo tem sido intenso, inclusive para casos graves. A UPA Santo Antônio é a porta de entrada para uma população da Cidade Baixa que estava carente de uma unidade, desde que o PAM de Roma foi fechado”, frisa a coordenadora. 

Estrutura - A UPA Santo Antônio possui seis consultórios médicos, um consultório odontológico, laboratório, central de material esterilizado, duas salas de classificação de risco – uma para adulto e outra para pediátrico –,  sala de reanimação, sala de sutura, sala de gesso, sala de medicação, sala de inalação, observação adulto (masculino e feminino) e pediátrica. Além disso, há uma recepção, áreas administrativas e salas para infraestrutura, tais como copa, vestiários, depósito de material de limpeza e almoxarifado. São 26 leitos no total, sendo quatro de reanimação, 19  de observação adulto, cinco pediátricos e mais três de isolamento. 

Há, ainda, duas salas de inaloterapia (adulto e pediátrico), duas de administração de medicamentos (adulto e pediátrico), além de espaços de raio-x, ECG e sutura, serviço social, farmácia, laboratório e almoxarifado.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑