Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Arquiteta explica como ambiente pode interferir na motivação e no relaxamento


 Nosso corpo responde aos estímulos do ambiente, essa característica vinda da evolução faz com que o ambiente em que estamos influencie diretamente no nosso comportamento e saúde. Hoje em dia a arquitetura e ciências comportamentais estudam esse fenômeno buscando indicar formas de otimizar a performance e a qualidade de vida das pessoas. 

 

A arquiteta Cinthia Garcia explica como surge essa conexão entre nossas atitudes e o espaço em que estamos. “Podemos despertar muitas sensações a partir da composição de cenários, ativando nossos sentidos e direcionando nossa atenção para pontos específicos do espaço", conta a profissional.

 

Muitos fatores podem influenciar diretamente no nosso período de descanso, inclusive no sono. "Um ambiente de descanso precisa ter mais leveza, menos cores fortes e mais tons claros, uma decoração menos chamativa, um bom isolamento acústico e iluminação indireta e natural, sem a incidência de luz em nos olhos, deixam nosso corpo naturalmente mais relaxado", ressalta Cinthia.

 

Os materiais e estilos escolhidos também agregam mais sensações. "Para o relaxamento  seguir um padrão natural contribui muito, presença de madeira, de plantas, tons verdes e azuis e tecidos agradáveis ao toque. Os aromas também fazem um papel importante de trabalhar o nosso olfato, os mais indicados são lavanda e alecrim", conta a arquiteta.

 

A motivação para realizar as atividades domésticas, trabalhar ou estudar pode ser incentivada pelo ambiente "A organização é  essencial, adotar um layout com bastante espaço e com facilidade de arrumação. Tudo para que seja fácil de realizar as tarefas, assim nos sentimos mais dispostos à inicia-las", encerra Cinthia. 

 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑