Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Escolas de dança de Salvador se preparam para reabertura


 Estabelecimentos já estão autorizados a retomar as aulas a partir desta segunda (28)


Salvador tem 169 estabelecimentos, entre academias, estúdios e escolas, que ofertam aulas de dança, balé, jazz, sapateado e semelhantes, de acordo com cadastro da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz). Esses estabelecimentos podem retomar hoje (27) as aulas presenciais, seguindo o protocolo divulgado pela Prefeitura no Diário Oficial do Município, através do decreto de número 32.874.


Entre as regras está a exigência da demarcação no chão dos locais reservados aos alunos e professores, para garantir o afastamento mínimo de 1,5m; o uso de máscara o tempo inteiro; a proibição de ensaios, coreografias e apresentações que gerem contato físico ou redução do distanciamento social; e os estudantes não podem usar os mesmos calçados utilizados no ambiente externo, precisando ainda estarem em turmas fixas O horário dessas aulas é o mesmo dos demais cursos livres, das 10h às 22h, de segunda a sábado. 


A gerente de marketing do Grupo Ebateca, Camila Suélen Barbosa, afirma que as 11 unidades espalhadas pela Bahia já estão devidamente equipadas e sinalizadas para receber os alunos a partir do dia 5 de outubro. Segundo ela, foi montada uma Comissão de Saúde e Segurança formada por quatro profissionais, incluindo uma médica, para colocar em prática o protocolo. “A comissão tem sido responsável pelo treinamento e instrução de todos os nossos colaboradores e também validou todas as normas internas que adotamos para receber os nossos alunos e familiares”, explica. 


Ela destaca que as unidades de Vilas do Atlântico, Feira de Santana e Cruz das Almas já voltaram a funcionar. “Podemos ver, na prática, que todas as medidas adotadas pela Ebateca são eficazes para garantir a segurança de todos. A expectativa agora é para a reabertura das unidades de Salvador”, diz a gerente, acrescentando que as aulas on-line continuarão mesmo com a reabertura presencial, como forma opcional. 


Os cuidados com o cumprimento das regras de segurança se repetem na Escola Contemporânea de Dança, na Graça. De acordo com diretora da instituição, Fátima Suarez, cerca de 70% dos 270 alunos não voltará a frequentar as aulas presenciais. “Não tem sido um ano fácil, mas vamos reabrir e analisar como será esse retorno”, assinala. 


Ela assegura que todos os protocolos de Prefeitura e também do Conselho Brasileiro de Dança serão cumpridos, a fim de garantir a segurança de alunos, pais e funcionários. “O conselho enumerou uma série de regras que já estão sendo cumpridas por outras cidades que já retomaram a dança. Vamos cumprir os dois protocolos, o nacional e o da Prefeitura”, frisa. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑