Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Guarda Municipal constata desrespeito ao uso das máscaras nas praias


 Após seis meses de interdição para impedir a proliferação dao Covid-19, hoje (22) chegou a vez da liberação das praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Itapuã e Amaralina, com uso permitido sempre de terça a sexta, menos em feriados. Com exceção das praias do Porto da Barra, Buracão e Paciência (as duas últimas no Rio Vermelho), as demais já haviam sido liberadas ontem (21), com frequência permitida de segunda a sexta. 


Segundo o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da Prefeitura, Maurício Lima, o tempo nublado compactuou para que o início da reabertura das praias fosse mais tranquilo na manhã desta terça. "Diferentemente de ontem, que fez sol, poucas pessoas circularam nas praias, e as que frequentaram estavam seguindo os protocolos determinados pelo município". 


A utilização das máscaras ainda é um problema, segundo Mauricio Lima. “A população ainda tem dificuldade em aceitar a utilização das máscaras, mas a Guarda Civil está fiscalizando e orientando de que é uma medida para segurança de todos, e que é necessário fazer uso enquanto estiver na areia. Só é possível fazer a retirada do item de segurança enquanto estiver no mar", alertou. 


Entre as demais regras estão a proibição do comércio informal na areia, do uso de cadeira de praia, caixa térmica, guarda sol e equipamentos sonoros e distanciamento mínimo de 1,5m entre os banhistas na areia e 2m no mar. A prática de esportes é permitida apenas de forma individual ou em dupla. Eventos que gerem aglomerações também estão proibidos. 


Amaralina - De acordo com Mauricio Lima, no final da tarde de ontem (21), antes mesmo da Prefeitura liberar a praia de Amaralina, populares se aglomeraram fazendo consumo de bebidas alcoólicas e utilizando som automotivo. "Ao flagrar a situação já instalada, fomos sinalizados que haviam pessoas armadas. Para que não houvesse um conflito e acabasse atingindo inocentes, não penalizamos o grupo. Hoje, entramos em contato com a Polícia Militar (PM), e uma nova operação está prevista para ocorrer no local, de 16h às 20h, evitando a aglomeração que ocorreu ontem". 


A Guarda Civil Municipal (GCM) segue com as fiscalizações com o efetivo de 60 agentes, 12 viaturas e 6 motos, com intuito de monitorar o cumprimento dos protocolos fixados pela Prefeitura para garantir a segurança sanitária dos banhistas. Desde o início das operações nas praias, em março, 16 pessoas foram encaminhadas para a delegacia por descumprirem os protocolos de segurança e por desacato.


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑