Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Plantio de 1.720 mudas no Parque de Exposições


Neste dia 21 de setembro (segunda-feira), é o Dia da Árvore. Para marcar a data, a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (SEAGRI) está coordenando o plantio de 1.720 mudas de árvores no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador (Avenida Paralela). Às 9h30 um plantio simbólico dá início à distribuição das centenas de mudas pelo terreno, o que deve durar alguns dias. As espécies plantadas são variadas: ipê (amarelo e rosa), pau-pombo, aroeira, variedades de palmeiras, oiti-do-sertão, dentre outras. 


A cerimônia terá a presença do Secretário da Agricultura da Bahia, Lucas Costa, e de parceiros dessa iniciativa. Luiz Garcez (Caetá Ambiental) e Wilson Andrade (Associação Baiana das Empresas de Base Florestal - ABAF) confirmaram presença. Também participam dessa iniciativa a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA), a SLC Agrícola e a Universidade do Estado da Bahia (UNEB).


O Secretário de Agricultura da Bahia diz que “a utilização consciente dos recursos naturais é de suma importância para toda a humanidade e o campo tem essa responsabilidade de realizar uma produção com sustentabilidade”. Lucas Costa também destaca que “esse plantio simboliza o trabalho contínuo da SEAGRI para motivar os produtores a preservarem o meio ambiente e a produzir com sustentabilidade”.


O Parque de Exposições é uma enorme área multiuso, com espaço para estacionamento, exposição e venda de animais, stands, escritórios e shows. Com relação à estrutura para exposições e leilões, sua maior vocação, há dois pavilhões de bovinos com capacidade total de 1.500 animais; dois pavilhões de equinos para 700 animais; um pavilhão de pequenos animais capaz de abrigar cerca de um mil caprinos e ovinos, além de aves, cães e gatos; 40 currais de espera cobertos com capacidade para 800 animais; quatro hectares de capineira; e casa de ração.


Toda a área possui árvores, mas essa presença será agora ainda maior. Alessandra Chaves, diretora de Meio Ambiente e Irrigação da AIBA, associação que intermediou a doação de mudas de ipê, destaca o caráter de cooperação que move o projeto. "Esta parceria demostra a importância da condução de trabalhos em conjunto. Os ipês trarão mais vida aos diversos ambientes do parque, uma vez que as suas flores trazem beleza e são atrativas para diversos animais, harmonizando, assim, a paisagem do local, que é referência em eventos agropecuários e culturais".


O diretor-executivo da ABAF, Wilson Andrade, lembra que a associação costuma apoiar ou realizar diretamente plantios de mudas como forma de fazer a compensação ambiental de eventos. Sobre o plantio no Parque de Exposições, comenta:


“Faz parte da nossa visão apoiar ações que tenham a ver com o meio ambiente, com a sustentabilidade e com a multiplicação de árvores. Mais uma vez, temos a oportunidade de contribuir para o reflorestamento gradual, e que esperamos que seja continuado, em Salvador. A preservação faz parte do nosso negócio”, diz Andrade, lembrando que as empresas do setor preservam quase 500 mil hectares de matas nativas no interior do estado.


Luiz Garcez, que representa a Caetá Ambiental, outra parceira do projeto, destaca que a iniciativa  “é uma grande oportunidade de realizarmos nossa missão em deixar o mundo mais verde. Nós, da Caetá, respeitamos a vida, as pessoas e o meio ambiente, por isso não medimos esforços quando o assunto é plantar árvores”.


A ABAF intermediou a doação da Ferbasa (1 mil mudas) e, em parceria com a Caetá Ambiental, doou 220 mudas. A AIBA, por sua vez, conseguiu outras 500 mudas, sendo que 300 foram doadas pela SLC Agrícola e outras 200 pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB).


 


 


 


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑