Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Setembro Verde: campanha alerta para a importância da prevenção do câncer colorretal

 


Com a realização de exames periódicos e adoção de hábitos de vida saudáveis é possível evitar ou detectar precocemente a doença

 

 


Pessoas do mundo inteiro ficaram sensibilizadas com a morte do ator Chadwick Boseman, que interpretou o personagem Pantera Negra nos cinemas, em decorrência de câncer colorretal. Esse tipo de tumor é o segundo mais frequente entre homens e mulheres, segundo informações do INCA (Instituto Nacional do Câncer) e, por ser uma doença silenciosa, costuma apresentar sintomas apenas nos estágios mais avançados, como explica o Coordenador Científico do Itaigara Memorial Gastro-Hepato Endoscopia, Dr. Rodrigo Felipe (CRM 13049).

“O câncer colorretal é um tumor maligno que se desenvolve no intestino grosso (cólon) ou na sua parte final, o reto. Na maioria dos casos surge a partir de um pólipo adenomatoso que vai se modificando ao longo dos anos de forma silenciosa, geralmente sem apresentar sintomas, e acaba se tornando um câncer”, explica o especialista.

Portanto, a melhor maneira de combater a doença é por meio da prevenção. Como forma de conscientizar e alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer colorretal, a Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP) realiza anualmente a campanha Setembro Verde. “Todas as pessoas com mais de 45 anos devem realizar a colonoscopia. Somente por meio desse exame é possível detectar precocemente o problema, algumas vezes antes que se transformem em câncer, o que aumenta consideravelmente as chances de cura”, afirma o médico.

Fatores de risco e sintomas

Presença de sangue nas fezes, alterações nos hábitos intestinais como diarreia ou constipação, cansaço e fadiga, dor abdominal ou sensação de inchaço, perda de peso sem motivo aparente e sensação de que o intestino não é completamente esvaziado são alguns dos sintomas do câncer colorretal.

Segundo o Dr. Rodrigo Felipe, alguns fatores de risco podem contribuir para o surgimento da doença, como dietas ricas em carne vermelha, embutidos, além do consumo excessivo de álcool, sedentarismo, tabagismo, obesidade e histórico familiar da doença.

“É fundamental a adoção de hábitos saudáveis, com uma alimentação balanceada, rica em vegetais, consumo controlado de carne vermelha e processada, prática regular de exercícios físicos e, principalmente, a realização de exames de rotina para prevenir ou detectar precocemente a doença”, explica.

Itaigara Memorial conta com um centro de excelência na realização de procedimentos de baixa e média complexidades, com atendimentos e exames exclusivos nas áreas de endoscopia e colonoscopia e médicos altamente especializados. Para agendar consultas e exames da especialidade de gastroenterologia, a instituição dispõe dos seguintes canais de atendimento: (71) 3352-9000 / 3045-7100, WhatsApp (71) 99688-2300, além do App Itaigara Memorial Agenda Fácil (disponível nas lojas Android ou AppStore).

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑