Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

23 de outubro - Dia do Aviador. - Força Aérea Brasileira


 O Dia do Aviador é comemorado em 23 de Outubro.


A data celebra os profissionais que pilotam aviões, sejam eles comerciais, de transporte ou privados. As pessoas que, assim como Santos Dumont, o "pai da aviação", se arriscam nos céus e levam os passageiros aos seus destinos em uma das invenções mais maravilhosas do século XX.


                                                                                                                                                           Origem do Dia do Aviador

No dia 23 de Outubro de 1906, o brasileiro Alberto Santos Dumont, torna-se o primeiro ser humano a voar! A bordo do 14-Bis, sua criação, Dumont faz um voo no Campo Bagatelle, na França, que ficaria registrado como o inicio de uma grande revolução nos meios de transporte na Terra: o avião.


A Lei nº 218, de 4 de Julho de 1936, decreta o dia 23 de Outubro como Dia do Aviador no Brasil, em homenagem ao primeiro voo feito na história e graças a um brasileiro!


O Decreto de Lei nº 11.262, publicado no Diário Oficial da União, decretou que 2006 seria o Ano Nacional Santos Dumont, o Pai da Aviação (em homenagem ao centenário do primeiro voo de Dumont).


No dia 23 de Outubro também se comemora o Dia da Força Aérea Brasileira.


Formação

Saiba como é a formação do piloto da Força Aérea Brasileira

Para se tornar piloto militar, uma das opções é ingressar na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), localizada em Barbacena (MG). É na instituição de ensino médio da Força Aérea Brasileira (FAB) que os jovens têm seus primeiros contatos com a vida militar.


A preparação compreende a formação intelectual, correspondente ao ensino médio, a formação militar, que visa integrar o aluno às atividades do Oficial Aviador e incentivar o culto a valores e virtudes militares, além da formação moral e cívica, baseada nos elevados conceitos de honestidade, lealdade e amor à Pátria, assim como na convicção do cumprimento do dever.


Ao final do terceiro ano, se for aprovado dentro do número de vagas, o aluno pode ingressar diretamente na Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP). Por outro lado, aqueles que já possuem o ensino médio completo, podem fazer o processo de seleção diretamente para a AFA.


O piloto militar inicia a instrução aérea primária na aeronave T-25 Universal. A partir do primeiro ano do curso, os Cadetes Aviadores têm o contato inicial com o voo e com a rotina de preparação e estudo necessários para as missões aéreas. Depois de cumprirem uma sequência de etapas, os novos pilotos realizam o “voo solo”, quando pilotam, pela primeira vez, sem os instrutores. No quarto e último ano, o Cadete Aviador enfrenta os desafios do voo na aeronave de instrução básica T-27 Tucano. Nessa etapa, são realizadas missões como voo em formatura com 2 e 4 aeronaves, navegação, manobras e acrobacias e voo noturno.


Ao se formar, o Cadete Aviador recebe os títulos de Bacharel em Ciências Aeronáuticas, com habilitação em Aviação Militar, e de Bacharel em Administração, com ênfase em Administração Pública.

Foto Tomaz Silva/Agência Brasil

Fonte https://www.fab.mil.br/aviador/

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑