Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 4 de outubro de 2020

Guarda Municipal aponta situação controlada nas praias neste sábado (03)



 Apesar do sol forte, a Guarda Civil Municipal (GCM) conseguiu manter controlado o acesso às praias neste sábado (03). Com exceção da Praia do Flamengo, onde houve necessidade de uma ação mais firme para retirar um grande número de pessoas da areia, nas demais o dia foi de tranquilidade, e os banhistas cooperaram com a fiscalização. 


Vale frisar que o acesso a todas as praias está proibido nos finais de semana e feriados, conforme decreto da Prefeitura. No caso da Boa Viagem, Cantagalo, Amaralina e Piatã, que foram palco de aglomerações no final de semana passado, o acesso está interditado com barreiras físicas até a terça-feira (06), prazo que pode ser prorrogado. Já as praias do Buracão e Paciência, no Rio Vermelho, bem como a do Porto da Barra, seguem sem permissão de acesso mesmo nos dias úteis e ainda sem previsão de reabertura.

 

"Neste sábado, mesmo com o sol, conseguimos manter a situação controlada. Nas praias interditadas fisicamente, tudo ficou deserto, ao contrário do que se viu no domingo passado. Nas demais, a fiscalização também não teve trabalho, pois os poucos banhistas não criaram problemas para sair da faixa de areia. A situação foi um pouco mais complicada no Flamengo, onde havia mais gente", avaliou o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima,


Operação - A fiscalização da Guarda conta, neste final de semana, com um efetivo de 156 agentes, na operação chamada "Devagar, Devagarinho". A ação conta ainda com o suporte de mais de 30 viaturas, duas bases móveis, motocicletas, quadriciclos, um drone, além do apoio da Transalvador, Semop Fiscalização e Salvamar e Sedur.


"As praias onde intensificamos a fiscalização são as de Amaralina, Piatã, Itapuã, Boa Viagem, Cantagalo, Stella Maris e Flamengo. O drone ajuda muito nesse trabalho. São locais onde a gente tem constatado mais gente desrespeitando os protocolos sanitários ou mesmo formando aglomerações, além daquela frequência nos dias em que isso não é permitido. É difícil fiscalizar toda a orla ao mesmo tempo, mas estamos agindo para que o decreto seja respeitado", ressaltou Maurício Lima.




--


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑