Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

"Guru da meditação" acusado de estupro

 


Após a Justiça de São Paulo aceitar uma denúncia do Ministério Público por estupro de vulnerável de 5 vítimas, o terapeuta Tadashi Kadamoto, conhecido como o “guru da meditação”, com milhares de seguidores pelo Brasil, se tornou réu.

A denúncia foi feita por uma ex-aluna, que além de paciente, também foi estagiária no instituto que leva o nome do terapeuta.

A moça alega ter sido vítima de vários abusos sexuais durante 7 anos de tratamento e treinamento no instituto.

De acordo com a equipe da GloboNews, que divulgou a acusação em primeira mão, outras mulheres também procuraram a reportagem para denunciar o abuso, que acontecia presencialmente e por mensagens de textos e e-mails.

Tadashi Kadamoto atua como terapeuta transpessoal há 30 anos, esse tipo profissional usa hipnose, meditação, regressão e relaxamento em seus tratamentos.

O terapeuta se tornou ainda mais conhecido durante a pandemia com a realização de lives no Instagram que costumam atrair milhares de seguidores, além de diversas mensagens de autoconhecimento.

Em nota enviada à GloboNews após a divulgação da reportagem pelo advogado do terapeuta Alexandre Wunderlich, Tadashi nega as acusações.


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑