Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Liberdade ganha biblioteca renovada e com protocolos de segurança



Referência em cultura na Liberdade, uma das regiões mais populosas de Salvador, a Biblioteca Denise Tavares está de volta de cara nova após requalificação realizada pela Prefeitura. A nova sede do equipamento, situada na Rua Adelino Santos, no Curuzu, foi entregue nesta quarta-feira (6) com as presenças do prefeito ACM Neto, do secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral, e do presidente da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Fernando Guerreiro. 



A intervenção na biblioteca, administrada pela FGM, teve investimento de quase R$1 milhão. Desse total, R$350 mil foram oriundos da Smed e aplicados na recuperação do prédio. O valor restante foi investido pela fundação na modernização do espaço, dentre mobiliário e equipamentos eletrônicos, além de contratação de equipe técnica qualificada para desenvolver o trabalho. 


“Tem um peso simbólico muito grande este equipamento estar situado aqui, no coração da Liberdade, um dos bairros com maior densidade populacional da cidade e com uma identidade multicultural própria da força do seu povo. Afinal de contas, são diversas as manifestações que brotam do bairro que acaba revela talentos para o Brasil e o mundo, em diferentes segmentos”, pontuou ACM Neto. 



O prefeito ainda completou que a biblioteca será um convite permanente para a frequência de crianças e jovens, sobretudo da rede pública de ensino, sendo um instrumento importante inclusive para a retomada das atividades na área da educação. “Vejam que a tendência dessa retomada deverá começar com o trabalho extracurricular, com o reforço escolar, com ambientação das crianças na escola, nivelamento e, só então, fazer a retomada regular do ensino. Assim, nada melhor do que ter o reforço de um espaço como esse da Biblioteca Denise Tavares”. 


Importância – O presidente da FGM ressaltou que a nova sede da biblioteca está situada em um imóvel em excelente localização, próximo à principal via de ligação do bairro (Rua Lima e Silva), além de ser mais amplo e confortável. “A expectativa é de que passem pelo local 500 pessoas por semana. A própria comunidade se mobilizou e pediu para que o equipamento retornasse às atividades”, disse Guerreiro. 


Ele ainda lembrou que esta é a terceira biblioteca entregue desde 2013 pela Prefeitura – além dela, entram a lista a unidade do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) de Valéria e a requalificação da Edgar Santos, na Ribeira. Além disso, a gestão municipal possui parceria com 40 bibliotecas comunitárias espalhadas pela cidade, e tem instalado pontos de leitura, a exemplo da que funciona na Praça Lord Cochrane, na Centenário.


Estrutura – De acordo com a gerente de Bibliotecas e Promoção do Livro e Leitura, Jane Palma, o projeto da nova Denise Tavares foi elaborado dentro do conceito moderno de biblioteca, onde cada espaço tem como objetivo o acolhimento e bem-estar dos visitantes. “Cada sala tem um layout diferente, conforme o público ao qual se destina. Além de livros e levando em consideração a leitura da arte em cada unidade inaugurada nesta gestão, este espaço literário recebe como suporte artístico a arte de rua, com pinturas do artista Eder Muniz (Calangos)”, explicou. 


Por exemplo, a sala do Infocentro possui a obra a Natureza Humana, no sentido de mostrar que a natureza é uma forma de conexão com o mundo. Na Sala Infantil, está presente a temática do Universo do Índio, com elementos da fauna e flora brasileira. A professora e bibliotecária que dá nome a casa está retratada em um espaço especial que conta um pouco da sua história. 


Também foi criado um espaço reservado para pesquisadores de mestrado e doutorado, bem como para estudantes de concurso, chamado Sala do Pensador. No local, a decoração traz a obra A Chave do Conhecimento, representada por uma coruja (símbolo da sabedoria) com uma chave. A biblioteca possui ainda uma sala multiuso, destinada a palestras, apresentações, encontro com autores e ações com a comunidade, assim como acessibilidade, incluindo itens em libras e braile. O acervo inicial reúne 15 mil títulos. 


Funcionamento – O horário de funcionamento da Biblioteca Denise Tavares será de segunda a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 13h (exceto feriados). Devido à pandemia e seguindo os protocolos de segurança sanitária, o atendimento deverá ser agendado através do e-mail lenildes @salvador. ba. gov. br. Todos os funcionários e pesquisadores terão a temperatura aferida na entrada e será obrigatório o uso de máscara e luva nas dependências do local. 


História – Bibliotecária e professora, Denise Fernandes Tavares nasceu em Nazaré das Farinhas (atual Nazaré), no dia 4 de maio de 1925, onde fez os primeiros estudos e descobriu a vocação para trabalhar com crianças. Em 1943, formou-se professora primária e, no ano seguinte, chegou a Salvador, onde passou num concurso para regente de classe na Escola Marquês de Abrantes. 


Em 1958, diplomou-se em Bibliotecária Documentalista pela Escola de Biblioteconomia e Documentação da Universidade da Bahia. Com o sonho de atrair o interesse das crianças para os livros, Denise realizou um dos mais importantes trabalhos de biblioteconomia no Norte e Nordeste, com repercussão nacional e internacional: a criação de uma rede de bibliotecas infantis, em uma época onde as bibliotecas não possuíam o mesmo nível de importância das escolas. 


Diante da repercussão de uma campanha promovida pela professora para arrecadar recursos para a instalação de uma biblioteca, o prefeito Wanderley Pinho doou um chalé no jardim de Nazaré para que fosse concretizado o feito. Assim, em 18 de abril de 1950, foi inaugurada a Biblioteca Infantil Monteiro Lobato, uma “casa de livros” aberta para todas as crianças baianas, onde Denise foi diretora até falecer, em 1974. 


Em 10 de agosto de 1978, é homenageada com uma biblioteca em seu nome, na região da Liberdade. Em 2018, a unidade precisou ser fechada devido a um ataque de vandalismo que causou graves problemas na estrutura hidráulica da casa.


 Fotos: Valter Pontes/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑