Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Cosméticos de licuri, alimentação saudável e galinha caipira no Rural Produtivo


 Neste sábado (28), o Rural Produtivo da TVE contou a história de Alisson Costa, um jovem agricultor que mudou a vida dele e da comunidade de Bom Jesus do Putumuju, no Baixo Sul, com a criação e venda de galinhas e ovos caipiras. Outro destaque é a Terra Madre Brasil, evento online que discutiu a alimentação limpa e justa. E a receita da semana é um steak de bode com pirão de leite. O programa mostra ainda o Jardim Botânico de Salvador, reaberto ao público. Sempre sábado às 14h, o programa tem horário alternativo na segunda-feira (30), às 6h30, e na quinta-feira (3), às 20h.



O programa foi até Teolândia no Baixo Sul do estado e conheceu o jovem Alisson Costa, que preside a Associação de Agricultores da Comunidade de Bom Jesus do Putumuju - ABOMJE . Com 35 famílias cooperadas que trabalham de forma coletiva na criação de galinhas e produção de ovos caipira que são escoados na própria região. A galinhas são alimentadas com ração de milho e azeite de dendê e a venda é feita pelo aplicativo de mensagens pelo celular.



O coquinho da Caatinga, o licuri, virou ingrediente de uma famosa marca de cosméticos e aumentou a renda de famílias de agricultoras familiares na Bahia. Da amêndoa do fruto são feitos leite, cocada, farofa, licor, sabão e um ingrediente valioso para fabricação de óleos de banho e cremes hidratantes diretamente da caatinga.



Inteiramente dedicado à comida de verdade, o “Terra Madre Brasil” trouxe rodas de conversa, diálogos, oficinas do gosto, espaços educativos dedicados à cultura alimentar, apresentações artísticas, como a de Gilberto Gil. O evento compartilhou ideias, projetos da sociedade civil, políticas públicas e alianças com o setor privado, na busca de estratégias comuns.



O Jardim Botânico é uma importante área de estudo, manutenção e conservação da Mata Atlântica na capital baiana e reabriu para o público em novembro. Com valor ambiental inestimável, o espaço tem cerca de 61 mil espécies vegetais em 160 mil metros quadrados de área. E é uma das áreas de Salvador que abrigam um espaço etnobotânico voltado à proteção e cultivo de espécies utilizadas em cultos afro-indígena-brasileiros, além de vegetais ameaçados de extinção.


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑