Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Prefeitura anuncia medidas para conter o avanço da Covid-19


 Auxílio do Salvador por Todos será pago em dezembro e permissionários do transporte escolar terão ajuda


Foto: Max Haack/Secom


Em função do crescimento de casos de pessoas contaminadas com a Covid-19, a Prefeitura anunciou hoje (27) medidas para conter o avanço da pandemia e evitar uma segunda onda da doença na cidade. Entre as ações estão a reabertura de leitos exclusivos para pacientes contaminados e a retomada das medidas de proteção à vida nos bairros, sem fechamento de comércio - o plano de recuperação da economia não será afetado. Também foram anunciadas medidas como auxílio em dinheiro para o setor do transporte escolar.


Em coletiva durante a inauguração do novo Centro de Atendimento ao Turista do Elevador Lacerda, na Praça Municipal, o prefeito ACM Neto disse que 30 leitos que haviam sido desativados ou convertidos para atender pacientes com outras enfermidades voltarão a ser exclusivos para Covid-19. Além disso, será enviado à Câmara de Vereadores um projeto de lei para autorizar a Prefeitura a fazer uma reserva de leitos caso a ocupação de UTIs exclusivas chegue a 60%.


"Chegamos a ter 1.406 leitos ofertados para pacientes com a Covid-19. Se todos estivessem abertos hoje, a taxa de ocupação nas UTIs seria de 35%. Como fizemos a desmobilização ou conversão de leitos (hoje são 696), pois não teríamos como justificá-los vazios, principalmente nos hospitais de campanha, nesse momento a ocupação nas UTIs é de 65%, sem que haja qualquer possibilidade de colapso, pois a reativação, se necessária, sempre esteve no nosso horizonte", disse ACM Neto.


O prefeito citou dados que apontam o crescimento da média móvel do novo coronavírus em Salvador (na última semana epidemiológica, o aumento de contaminados foi de 21%), bem como da velocidade de contágio, e voltou a pedir o apoio da população na luta contra a pandemia, já que "a luz amarela está acesa".


"Já investimentos R$576 milhões em medidas de combate ao coronavírus e não permitimos, por exemplo, que quem precisasse não tivesse atendimento médico. Continuamos focados em preservar vidas. Hoje, não há ainda nada que sugira descontrole, uma segunda onda, mas não podemos relaxar, pois o momento é de atenção, como mostram os números. Peço que todos continuem usando máscara, evitando aglomerações e seguindo os protocolos", salientou.


Outras ações – As medidas de proteção à vida nos bairros começam no início da semana que vem. Inicialmente, as ações vão acontecer em duas localidades, que serão anunciadas pela Prefeitura. As ações envolvem a realização de testes rápidos, distribuição de máscaras e higienização das ruas.


"Não deixamos de acompanhar diariamente os bairros, e a população estava sendo testada nas unidades de saúde e nas UPAs. Agora, vamos intensificar ainda mais o volume de testes e retomar aquelas ações que fizemos no passado recente com equipes volantes, só que sem fechamento de comércio", explicou ACM Neto.


Outras medidas anunciadas hoje foram: elaboração de um plano de imunização visando a logística e aplicação da vacina contra a Covid-19 em Salvador (assim que ela estiver disponível); intensificar o Salvador Protege, programa que isola e rastreia contatos de pessoas contaminadas pelo projeto Salvador Protege; disponibilização de testagem domiciliar em casos especiais; acompanhamento especial de abrigos para idosos; e implantação de sistema de tira-dúvidas sobre a pandemia nas unidades de saúde (aplicativo e totem).


Além disso, haverá a testagem de professores da ativa e alunos da rede municipal acima de 15 anos; divulgação de medidas de prevenção nas aulas on-line; intensificação da fiscalização dos protocolos sanitários, principalmente nos bairros com maior incidência da doença; e continuidade na distribuição de cestas básicas para estudantes, organizações sociais e famílias com crianças com microcefalia.  


Projeto - O prefeito anunciou ainda a criação de um auxílio financeiro emergencial para permissionários e condutores de transporte coletivo escolar, no montante de R$2,7 mil (parcela única), de modo a ajudar esses profissionais nesse momento em que as aulas continuam suspensas. Projeto de lei nesse sentido será encaminhado à Câmara de Vereadores. Além disso, um decreto assinado hoje autoriza a Prefeitura a pagar, em dezembro, o auxílio de R$270 do Salvador por Todos para trabalhadores informais cadastrados no município.


Fake news -  Durante a coletiva, ACM Neto criticou duramente as fake news espalhadas principalmente nas redes sociais. "Fica aqui o meu repúdio aos mentirosos das redes social, que ficaram espalhando que seriam anunciadas medidas restritivas ou que iríamos regredir no plano de retomada da economia. Por enquanto, isso não está sequer cogitado. Torcedores do mal, apoiadores da Covid, fiquem quietos e respeitem o trabalho sério, dedicado e esforçado que a Prefeitura vem fazendo desde março contra o coronavírus".


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑