Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Mercados municipais são opções versáteis para as compras de Natal


 Natal é o momento de decorar a casa, distribuir presentes e reunir a família para a ceia. São ações que alegram, proporcionam um sentimento de gratidão e de esperança renovada a partir do nascimento do menino Jesus.  Em Salvador, cada família faz a ceia a sua maneira, mas é comum trazer à mesa o peru, chester, pernil ou lombo assado como prato principal e acompanhamentos como arroz à grega, salpicão, farofa, saladas, tortas salgadas; guloseimas como a rabanada, o panetone e doces diversos; além de nozes, castanhas e frutas como uva, uva-passas, ameixa, pêssego e maçã. Nos mercados municipais é possível encontrar alguns dos itens da ceia a preços populares e também elementos decorativos. 


No Mercado São Miguel, por exemplo, estão à venda guirlandas, pisca-pisca e peças artesanais decorativas do Natal. As peças que mais chamam atenção são os presépios produzidos pelo artista plástico Jerônimo Freitas, de 55 anos, que trabalha em um dos boxes frontais do mercado. São presépios bem elaborados e com o uso de materiais recicláveis. Todos os anos, ele conta que recebe diversos pedidos de encomenda da clientela. 


Nas mãos do artista, a cerâmica plástica ganha contorno especial dando forma a José, Maria e ao menino Jesus em uma manjedoura. A tinta metálica dá o tom que faltava às esculturas posicionadas no centro de uma moldura de madeira toda decorada com telas e luzes de maneira harmoniosa. 



“No ano passado eu vendi mais de 50 presépios diferenciados e com preços acessíveis a qualquer pessoa. Se você tem um produto que agrada, não tem que escolher classe social. Eu tenho presépios que variam de dez a mil reais. Procuro fazer um trabalho diferenciado e utilizar material reciclado nas minhas obras há mais de 30 anos, contribuindo para preservar o meio ambiente. Eu comecei a fazer minhas primeiras peças com garrafa pet. Hoje eu trabalho com essas peças únicas e elaboradas de acordo com o que o cliente deseja”, conta. 


Para a permissionária Bárbara Oliveira, 43, que trabalha com a venda de guirlandas e pisca-pisca também no São Miguel, mesmo diante da pandemia, é importante decorar a casa, com todo o cuidado que a ocasião pede, para renovar as esperanças por dias melhores. “É a data que representa o nascimento de Jesus, por isso é também um momento de reflexão, de se colocar no lugar do outro, de trazer cor para a sua casa e de encorajar as pessoas para que elas tenham positividade”. 



O titular da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Marcus Passos, garante que, diante da crise econômica, os mercados municipais são opções de locais com produtos mais em conta para quem não quer deixar de presentear no Natal. “Além dos preços, podemos destacar também a variedade de objetos ofertados para o público, peças artesanais em sua maioria, e por isso, muitas vezes, exclusivas, produzidas por artesãos locais, gerando renda para estes profissionais e suas famílias. Além do mais, nossos mercados são espaçosos, locais onde é possível manter o distanciamento de forma mais segura. 


Alimentos – No Nacs de Itapuã são vendidos pernil, castanhas, nozes e frutas para a ceia, a exemplo de maçã, uva e ameixa. A encarregada de fiscalização do mercado Cinara Barbosa garante que tudo é vendido a preço popular. O Nacs de Itapuã funciona de segunda a sábado, das 6h até as 16h e domingos e feriados das 6h às 13h. O endereço é na Avenida Dorival Caymmi, s/n, ao lado da agência do INSS. Já o Mercado São Miguel funciona de segunda a domingo, das 7h às 16h, na Avenida José Joaquim Seabra, Nº 151. 



Tradição  – Para algumas pessoas, a ceia de Natal está ligada à última ceia de Cristo ao lado de seus discípulos, mas segundo a literatura, a ceia originou-se do antigo costume europeu de deixar as portas das casas abertas no dia de Natal para receber viajantes e peregrinos, e esses, juntamente com a família hospedeira, confraternizavam aquela data tão significativa para os cristãos. Além da ceia, cada objeto decorativo tem um simbolismo. 


As guirlandas, por exemplo, inicialmente, eram feitas com flores naturais e com o tempo passaram a ser arrumadas em forma de círculo, simbolizando o amor sem fim de Deus. O enfeite de estrela também é muito utilizado, porque foi uma estrela que guiou os três reis magos até o local do nascimento do menino Jesus. Por sua vez, o presépio representa o momento do nascimento de Jesus e a chegada dos Reis Magos para entregar-lhe os presentes. 


Cuidados – Antes da abertura dos mercados, todos os permissionários e funcionários foram submetidos a testes para a detecção da Covid-19. Seguindo protocolo setorial, os permissionários estão utilizando máscara, respeitando o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e disponibilizando álcool 70% para os clientes. Pessoas do grupo de risco estão sendo atendidas prioritariamente e eventos e promoções que possam gerar aglomerações também estão proibidos no local.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑