Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Campanha quer incorporar nome de Roberto Santos ao Museu de Ciência e Tecnologia da Bahia

 


O museu foi criado há 42 anos por iniciativa do ex-governador da Bahia


 


A Academia de Ciências da Bahia, presidida pelo professor e pesquisador Jailson Andrade, resolveu encabeçar uma campanha para reativar, modernizar e rebatizar o Museu de Ciência e Tecnologia da Bahia, localizado no bairro do Imbuí, em Salvador, com o nome do professor e ex-governador do Estado, Roberto Figueira Santos, falecido nesta semana. A campanha será lançada oficialmente no dia 26 de fevereiro, às 11 horas, com uma programação virtual a ser brevemente divulgada pela ACB, mas já contando com a participação confirmada de intelectuais e cientistas de renome nacional. 


A escolha de Roberto Santos para rebatizar o Museu de Ciência e Tecnologia tem uma grande justificativa. O museu surgiu, há exatos 42 anos, por iniciativa do próprio Roberto Santos, que assim criou o primeiro museu interativo do gênero da América Latina, “o que mostra a inovação que representava na época de sua inauguração e o quanto é significativo como equipamento público de educação, cultura e lazer, bem como para a memória do patrimônio museológico da Bahia e do Brasil”, justifica o presidente da Academia, Jailson Andrade. 


- A Bahia merece a reativação e modernização do Museu de Ciência e Tecnologia da Bahia. O professor Roberto Santos merece a incorporação do seu nome a uma das suas mais importantes criações e legado deixado aos baianos, quando foi governador do Estado da Bahia, completa. 


Desta forma, a ACB convida as lideranças Governamentais, Legislativas, Empresariais, Acadêmicas, Culturais, Artísticas e a população em geral “para participarem dessa grande mobilização visando a reativação do Museu e a incorporação do nome do seu fundador, rebatizando-o como Museu de Ciência e Tecnologia Professor Roberto Santos”.


 


Criador da Academia


A Academia de Ciências da Bahia também foi criada por Roberto Santos, que foi o seu primeiro Presidente. Fundada em 2010, a ACB é uma entidade de direito privado sem fins lucrativos. Seu objetivo é contribuir para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, fomentando a ligação entre os setores acadêmico, produtivo e governamental do Estado da Bahia. Para tanto, reúne cientistas e pensadores das áreas de Ciências Exatas, Agrárias e da Terra; Ciências da Vida; Filosofia e Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; e Artes.


 


 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑