Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

DHPP, Draco e Acadepol empossam novos diretores

 


A Polícia Civil da Bahia empossou três novos diretores nesta terça-feira (2), durante cerimônias realizadas em Salvador. Houve troca de comando no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e na Academia de Polícia Civil (Acadepol).



A nova gestora do DHPP é a delegada Andréa Ribeiro, que coordenava a divisão de Narcóticos do Draco. Ela aproveitou a cerimônia para ressaltar a importância dos servidores dos dois departamentos, que, embora fundamentais para o sucesso das operações, ficam nos bastidores.



"Ninguém chega até aqui sozinho. Faço um agradecimento especial a toda a equipe da Coordenação de Narcóticos, que me acompanhou durante esse período. Não tenho nem como mensurar quantas horas de trabalho essa equipe dedicou à sociedade. Às vezes só se vê o resultado final exitoso. Mas não há como mensurar o trabalho para organizar e executar o resultado positivo não só para a instituição, como para toda a sociedade. Espero corresponder à expectativa de toda a minha equipe, e quero dizer que nós e o Draco estaremos irmanados. Não vai faltar empenho para que se possa cumprir esta missão", declarou a delegada.



Bezerra participou duas vezes do ato: ao entregar o cargo de diretor do DHPP e ao assumir o comando do Draco. O delegado, que substitui Marcelo Sansão, reforçou que a proposta é manter a cooperação entre os dois departamentos.



"Faço esta mudança com o sentimento de missão cumprida, com a sensação de que me doei e me dediquei da melhor forma possível. Gostaria de agradecer pela nova missão, que será muito desafiadora, sobretudo por quem terei de substituir: Dr. Sansão, cuja capacidade técnica todos conhecem. O enfrentamento à criminalidade continuará forte. Vocês podem ter certeza de que terão todo o empenho e dedicação. Não esperem nada diferente dos profissionais que trabalham no DHPP e no Draco", afirmou.



A Academia de Polícia Civil também conta com nova direção. Joelma Jezler deixou o Departamento de Planejamento, Administração e Finanças (Depaf) e assumiu a Acadepol, no lugar da hoje Delegada-Geral, Heloísa Campos de Brito.



"Retorno à Acadepol com a missão de suceder Dra. Heloísa. Peço o mesmo empenho, o mesmo carinho, o mesmo olhar humano, a mesma vontade de fazer dar certo. Quando foi me apresentada a proposta de dirigir a Acadepol, eu logo respondi que eu estaria pronta para servir onde quer que eu fosse mandada. O momento é de união. É uma honra e um desafio sucedê-la, inclusive porque venho de anos de extrema felicidade no RH", declarou, fazendo especial homenagem ao diretor do Depaf, Gildécio José de Souza.



Heloísa, por sua vez, destacou o trabalho da Academia no curso de formação dos delegados, investigadores e escrivães, realizado entre 2019 e 2020, e a superação dos servidores durante a pandemia de Covid-19. Também ex-corregedora-chefe, a delegada destacou a importância da educação para o trabalho dos policiais civis do Estado.



"A Academia e a Corregedoria são pilares da instituição. E é a Acadepol quem forma, treina e desenvolve nossos servidores. Tivemos um ano de 2020 difícil, uma vez que a academia foi muito abalada pela pandemia. Tínhamos um efetivo que demandou cuidados – seja em razão da idade, seja por razões de saúde. Mas todos nós pudemos entender a delicadeza do momento, enfrentando a pandemia com todos os cuidados e exercendo nossas atividades. E isso gerou um espírito de corpo ainda mais forte", afirmou.



A série de posses da semana segue nesta quarta (3), com a Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter).




Felipe Paranhos/Ascom-PC

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑