Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Idosos do Dom Pedro II recebem segunda dose da vacina contra Covid-19


Os 53 idosos residentes do Abrigo D. Pedro II, em Piatã, receberam a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus na manhã desta terça-feira (16). A unidade socioassistencial está entre as 78 instituições de longa permanência que, de acordo com cronograma, estão aptas a receber os imunizantes para os assistidos em vulnerabilidade. 


Por volta das 9h, a vacinação foi iniciada no local por equipes de vacinadores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com apoio da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), que administra o espaço. 



“Em breve, nossos idosos vão voltar às atividades internas, em grupos e, aos poucos, a gente começa a devolver às pessoas o ar de normalidade. Os protocolos serão mantidos, mas só o fato de estarem imunizados me deixa muito satisfeito”, declarou o titular da Sempre, Kiki Bispo, que acompanhou o início da imunização. 


A coordenadora do D. Pedro II, Valéria Souza, confessou que a expectativa dos idosos era a maior possível. Para ela, foi uma vitória chegar a vacina, principalmente no abrigo, porque os assistidos são pessoas vulneráveis. “Eles estão há um ano sem poder ver a família, os amigos, então já estavam eufóricos desde a primeira dose, perguntando que dia poderiam sair, tomar banho de piscina”, disse. 


A gestora afirmou que já está programando a retomada das atividades a partir de março, depois de conversas com os médicos do abrigo. Ela salientou que já foram liberadas as visitas dos familiares com distanciamento, mas ainda não foi autorizada as saídas para ações externas. 


Expectativa – Na expectativa de estar logo imunizada, Lúcia Peçanha, de 73 anos, não conteve a emoção. “Adeus coronavírus”, disse ela, instantes depois de receber a segunda dose da CoronaVac. “Estou feliz da vida, não vou ficar mais doente. A gente continua se cuidando, mas eu quero ir logo para o shopping, aproveitar a vida”. 


O aposentado Lázaro Valladares, o “rueiro” do abrigo, era só alegria. Aos 73 anos, ele já se programa para visitar os amigos na Cidade Baixa e a família, que ainda continua mantendo o contato só por aplicativo de mensagem. “Eu já sou imunizado por natureza”, brincou. Ele ainda lamentou não ter podido comemorar o aniversário, em 19 de janeiro. “Até agora não deu, vou esperar passar para poder estar com eles”.


  


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑