Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Inema intensifica ações de fiscalização no período do defeso


 O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), através da Coordenação de Fiscalização Preventiva e de Condicionantes (COFIS), se prepara para a terceira e quarta etapas de fiscalizações do período de defeso dos Caranguejos-uçá. A operação, que é realizada todo ano, em datas específicas, tem o objetivo de coibir a pesca predatória da espécie no durante a andada e acontece com o apoio da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (COPPA) e da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA). As datas previstas para as ações é entre 28/02 a 05/03 e 29/03 a 03/04.


Para o coordenador da COFIS, Miguel Calmon, as ações do Inema visam, principalmente, garantir a proteção da espécie no seu período reprodutivo através de ações de apreensão e conscientização junto à população. “Nas duas últimas campanhas, realizadas em janeiro e fevereiro deste ano, foram mais de 10.000 caranguejos devolvidos aos manguezais, mas cabe o alerta que o ideal seria a sensibilização das pessoas para a não captura e comercialização no período de proteção legal pois assim, somemos esforços, todos podemos contribuir para garantir a manutenção dos estoques pesqueiros”.


Ainda durante as fiscalizações da primeira e da segunda etapa do período reprodutivo, o Inema intensificou as ações de sensibilização junto às colônias, associações de pesca e Secretarias Municipais de meio ambiente nas regiões do Recôncavo, Sul e Extremo Sul, incluindo as Baías de Todos os Santos e de Camamu, com 18 municípios envolvidos, ampliando a cobertura nas áreas litorâneas do estado.


Embora o Inema realize ações de sensibilização e apreensão dos pescados todo ano durante a andada, em período do defeso previamente determinado, verifica-se, ainda, um grande número de comerciantes que não declaram seus estoques de Caranguejos-uçá até o último dia útil que antecede o início de cada período, assim como orienta as Superintendências Federais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.


A “andada” é o nome dado ao período reprodutivo do Caranguejo-uçá, no qual os machos e fêmeas saem das tocas para o acasalamento e andam pelo manguezal para a liberação de ovos, tornando-se vulneráveis à pesca predatória. Ela pode ocorrer de novembro a março, com picos em janeiro, e geralmente se inicia um dia após a lua cheia ou nova, prolongando-se por até seis dias.


Para denunciar crimes ambientais, basta acionar o Disque Denúncia do Inema, através do número: 08000 71 1400. Em caso de necessidade, a denúncia também pode ser realizada anonimamente.


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑