Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 7 de fevereiro de 2021

NEOJIBA retorna às atividades e reforça medidas de inclusão digital


 O NEOJIBA, programa social do Governo da Bahia, volta às aulas online nesta segunda-feira, 8/2, nos seus 13 núcleos em Salvador e no interior do Estado (Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Simões Filho e Jequié). As atividades de ensino e prática musicais serão retomadas para as 1970 crianças, adolescentes e jovens atendidos diretamente pelo programa.


As atividades presenciais retornaram no último dia 3/2 apenas para as formações musicais mais avançadas do programa, a Orquestra 2 de Julho e o Coro Juvenil. Os ensaios em Salvador acontecem seguindo os protocolos da prefeitura para reabertura de cursos livres, como cumprimento de medidas de segurança, carga horária estabelecida, revezamento de grupos e idade mínima permitida.


O maestro Ricardo Castro, fundador e diretor-geral do NEOJIBA, acompanhou esse reinício. "Nós voltamos com todo o gás, não perdemos a energia, a esperança de que nossa ação é fundamental. As ações online foram iniciadas 48 horas depois do início da primeira determinação de distanciamento social, lá em março de 2020. A gente tem uma equipe muito motivada e preparada. Na nossa sede, no Parque do Queimado, nós tivemos a alegria de iniciar, com muito cuidado, as primeiras atividades presenciais, seguindo todos os protocolos, externos e internos, baseados em vários grupos semelhantes ao nosso no Brasil e no exterior. A gente sonha que em breve todas as crianças e jovens do NEOJIBA possam voltar às atividades presenciais, porque sabem que aqui são bem acolhidas e sabem que a gente está construindo um mundo melhor para todos nós".


Para que todos possam manter a rotina de estudos em casa, agora, entre fevereiro e março, serão disponibilizados 83 tablets para integrantes que não têm acesso a dispositivos eletrônicos. Metade dos equipamentos foi patrocinada pela Solar Coca-Cola e a outra metade será cedida pelo Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM), organização social responsável pela gestão do NEOJIBA, com recursos do governo do Estado.


O NEOJIBA está adotando estratégias para promover a inclusão digital desde o ano passado. Com o apoio da sociedade civil, foram disponibilizados 40 celulares e tablets, além de auxílio para compra de pacotes de internet para mais de 200 integrantes. Os vizinhos dos núcleos do programa também puderam acessar gratuitamente as redes de wi-fi do NEOJIBA, que foram compartilhadas.


As aulas presenciais do programa foram suspensas em março de 2020, quando foram anunciadas as primeiras medidas de distanciamento social. Em apenas dois dias, o NEOJIBA migrou suas atividades para as plataformas virtuais. Foram mais de 17 mil horas de aulas e mais de 70 encontros, aulas e masterclasses com artistas renomados, do Brasil e do exterior.


O maestro Ricardo Castro, destaca ainda o impacto educacional do programa, potencializado ao longo do ano passado. “Sem abandonar nossa identidade de justiça social e excelência, em 2020, o NEOJIBA se revelou como grande ferramenta de impacto na educação, oferecendo a centenas de famílias baianas um canal privilegiado de troca de experiências durante a pandemia. Esse movimento sem precedentes será determinante para o futuro do programa daqui pra frente.”


Além das aulas, o NEOJIBA realizou em 2020 quase 7 mil atividades de orientações e atendimentos psicossociais e 61 apresentações musicais transmitidas pelas redes sociais do programa, que alcançaram um público ao vivo de mais de 24 mil pessoas.


Sobre o NEOJIBA


Criado em 2007, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) promove o desenvolvimento e integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. O programa é mantido pelo Governo do Estado da Bahia, vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, e gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social Pela Música. Em 13 anos, o NEOJIBA atendeu, direta e indiretamente, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 29 anos.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑