Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

QUE VERGONHA! Atenta, filha percebe que enfermeira deixa de vacinar a mãe; veja vídeo


 Goiânia – A vacinação de idosos acima de 85 anos contra a Covid-19 começou nesta quarta-feira (10/2) em Goiânia (GO) e já teve um caso polêmico. A filha de uma idosa de 88 anos registrou o momento em que a mãe receberia a primeira dose da Coronavac e percebeu, além da rapidez da enfermeira, que o líquido da vacina continuava na seringa, após ele ter sido aparentemente injetado.

A filha, a aposentada Luciana Maria Jordão, de 57 anos, diz ter questionado a enfermeira na hora. A princípio, a profissional de saúde desconversou, mas, em seguida, reconheceu o erro, pediu desculpas e injetou novamente a seringa na idosa Floramy de Oliveira Jordão, sob os olhares atentos da filha, que fez questão de certificar que a mãe, enfim, havia sido vacinada.

Tudo aconteceu por volta das 10h30 desta quarta, na área 1 do campus da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUCGO), que é um dos nove pontos de vacinação espalhados pela cidade e que atraiu o maior público de idosos neste primeiro dia de vacinação. A imunização de pessoas acima de 85 anos segue até esta sexta-feira (12/2).

Em um vídeo de alerta enviado para a TV Anhanguera/G1, Luciana relatou como tudo ocorreu. Ela desceu do carro, na hora em que a mãe seria vacinada, e disse para a enfermeira que iria fotografar o momento tão aguardado para mostrar para os netos.


“Ela simplesmente enfiou a agulha na minha mãe, tirou e ficou com a seringa para cima. Eu falei: ‘Uai, foi muito rápido’. No que eu olhei para cima, o líquido estava todinho na seringa. Ela não injetou a vacina na minha mãe. Aí eu falei com ela: ‘Olha, o líquido está todinho aí. Você não vacinou minha mãe’”, relata.


A enfermeira teria dito que vacinou, sim, e ao ser indagada novamente, ela alegou que tinha se esquecido de injetar. Na segunda vez, Luciana ficou atenta: “Fiquei prestando a atenção e aí, realmente, ela vacinou”, conta. O vídeo feito por ela mostra como ocorreu a primeira aplicação.

A enfermeira chega a pedir que Dona Floremy olhe para o outro lado. “Vira o rostinho para lá. É por causa da agulha, na hora que eu puxo, se soltar…”, diz ela.







Fonte Metrópoles

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑