Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 30 de março de 2021

Cresce o número de relatos de envelhecimento causado por estresse na pandemia


 Com o acúmulo da tensão e do estresse ocasionado pela pandemia de Covid-19, muitas pessoas têm sentido mais rapidamente os efeitos do envelhecimento, especialmente quando se trata da pele. Nesse período, o dermatologista Osmilto Brandão notou entre seus pacientes uma procura de 80% relacionada a esse problema. Rugas, acentuação bigode chinês e flacidez no rosto e pescoço são algumas queixas constantes. 

 

Um dos primeiros sinais do envelhecimento, que observo em pessoas na faixa dos 30 anos, é a perda do viço da pele, comenta o médico. Outros sinais são manchas (escuras ou esbranquiçadas), rugas na área dos olhos, entre as sobrancelhas, na região das bochechas, chamadas rugas de sorriso, e nos lábios. “A área dos olhos é a primeira a envelhecer porque a pele dessa região é mais fina e o músculo orbicular do olho faz com que a pele se contraia o tempo todo, o que causa os vincos”, explica Osmilto. 

 

O dermatologista afirma que o maior responsável externo pelo envelhecimento da pele é a radiação solar. Já o interno é o estresse. Na pandemia as pessoas estão relatando que sentem angústia, ansiedade e até mesmo depressão. Com isso, o organismo fica mais propenso a produzir substâncias pró-inflamatórias que são ruins para o organismo, como radicais livres e alguns hormônios. Essas substâncias também vão contribuir para a diminuição da produção de colágeno ou de um colágeno de qualidade ruim, gerando assim o envelhecimento da pele”, afirma. 

 

Tratamentos 

Para evitar a produção dessas substâncias pró-inflamatórias, Osmilto Brandão recomenda uma dieta balanceada, rica em gorduras boas e consumo de alimentos como peixes, nozes, abacate, azeite de oliva extravirgem e outros. Além da prática de atividades físicas.  

 

Do ponto de vista dermatológico os tratamentos são vários. Temos hoje bioestimuladores, que são injetados na pele e fazem com que o organismo produza grandes quantidades de colágeno”, informa. Também há lasers que podem ser utilizados para tratar manchas, rugas e flacidez (da pele e do músculo) 

 

Já o ácido hialurônico atua de forma a reestruturar a face, repondo volume em áreas que a pessoa normalmente vai perdendo ao longo da vida: na região da bochecha, no queixo e no contorno do rosto.  

 

Além desses, há também o tratamento com fios de PDO (Polidioxanona), que fazem o efeito Lifting, de levantar e esticar a pele, e se transformam em colágeno. São aplicados com uma microcânula na região dos olhos, rosto, pescoço e também na testa para elevar as sobrancelhas.  

 

“Todos esses são tratamentos efetivos para a eliminação das rugas, recuperação do colágeno e também vão trazer de volta o vigor e a juventude para a pele”, declara Osmilto. 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑