Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Dia Mundial da Dança | Agente administrativo do metrô é exemplo de superação


Dia Mundial da Dança | Agente administrativo do metrô é exemplo de superação diária através do ballet clássico


Colaboradora é PCD e, desde a infância, escolheu a arte como aliada para tratar questões físicas e emocionais



É na ponta do pé que Daniela Guedes, de 24 anos, se sente nas alturas, literalmente. Parece simples, mas para uma mulher como Dani esse é um grande sinal de superação. “É um misto de emoções, sonhos e conquistas”, define. Ela nasceu com alguns problemas de saúde e atraso no desenvolvimento mental, e logo precisou fazer cirurgias nos pés e nos rins. Na adolescência, a garota precisou fazer novas cirurgias de coluna e vesícula.


Foi com o intuito de amenizar as dores e ter uma melhor qualidade de vida que Dani apostou na dança ainda na infância, por orientação de sua terapeuta ocupacional. De lá pra cá, ela soma dezenas de apresentações oficiais nas modalidades de ballet, jazz e sapateado e guarda muitas lembranças. Aquela garota cresceu, concluiu o ensino médio, começou a trabalhar, mas a dança não saiu da sua vida. Em 2017, Daniela entrou no programa de Jovem Aprendiz da CCR Metrô Bahia. Um ano depois, devido ao seu desempenho, ela foi contratada para o cargo de agente administrativo PCD, para atuar no Centro de Documentação - Cedoc. No setor há três anos, Dani organiza documentos, recebe malotes e faz atendimentos, mas o seu tempo livre é voltado para a dança.


Para a agente, a dança ajuda muito na saúde e na superação de seus limites. “A dança sempre me ajudou nas minhas questões físicas e emocionais, pois me proporciona bem estar e ativa bastante o meu corpo, resultando em uma melhor qualidade de vida. Eu me sinto muito feliz”, destaca. Há um ano e meio, Dani faz aulas de ballet clássico e, como tudo na pandemia, precisou se adaptar para as aulas online. Mas ela não parou e segue ensaiando para se apresentar no espetáculo #PorAmor, em homenagem ao Dia dos Mães.


Como mulher, profissional e bailarina, Daniela é sinônimo de superação. “A dança para Dani proporciona benefícios diversos como fortalecimento da musculatura, postura e ajuda também no conhecimento de espaço, comprometimento e disciplina. O melhor é que ela se sente inserida em um grupo ao qual ela tem o maior apreço e prazer em fazer parte. Podemos contabilizar inúmeras conquistas durante todo esse processo”, comemora a mãe Rita Guedes. Uma vitória compartilhada: a cada passo, uma nova conquista e muita superação, na dança e na vida.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑