Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Treinar para Empregar aposta na qualificação profissional para ocupação de vagas

 


Dirigir o olhar nas redes sociais para as páginas de emprego e deparar-se com exigências da experiência para ocupar vagas de emprego tem sido uma realidade enfrentada pelos jovens brasileiros. Em Salvador não é diferente. Com o foco neste cenário, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Emprego e Renda (Semdec), por meio da Diretoria do Trabalho e Empreendedorismo, criou o Programa Treinar para Empregar. A intenção é aumentar a empregabilidade e geração de renda na capital baiana, bem como fomentar o interesse pelo empreendedorismo, pela via da qualificação profissional.

 

Só este ano, foram disponibilizadas 350 vagas de cursos on-line, registrando uma grande procura com o preenchimento total do cadastro de reserva, sobretudo por pessoas que não conseguem emprego e estão em busca de conhecimento, qualificação e aperfeiçoamento no mercado de trabalho. Foi o caso de Cibele Almeida Passos, 24 anos, formada há dois anos em Farmácia pela Faculdade Dom Pedro II, e que desde abril está cursando Supervisão de Logística.

 

“Sempre abri o site do Simm (Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra) em busca de informações de vagas de emprego. Mas nunca acho uma vaga para minha área. Quando vi o agendamento para os cursos, fiquei muito interessada e me inscrevi”, conta Cibele.

 

Com carga horária de 168 horas, o curso de Supervisão de Logística será concluído em julho e Cibele sente-se estimulada com o aprendizado adquirido até agora. Ela espera aproveitar na prática o conteúdo programático que integra temas relacionados à área farmacêutica, como estoque de produtos e planilha em Excel, assim como Empreendedorismo e Comportamento.

 

Desempregada desde outubro do ano passado, a colega Cristiane Oliveira Pereira, 24 anos, moradora do Uruguai, também está animada com o curso de Supervisão de Logística. Ela está vendo na teoria o que praticou entre 2013 e 2015, como estagiária, no setor administrativo de uma empresa de café.

 

Cristiane destacou a equipe de professores do curso, afirmando que todos têm um perfil humanizado e atencioso, “sempre prontos a nos compreender e tirar nossas dúvidas”. O formato on-line foi outra observação positiva que ela mencionou, lembrando ser o modo de aprendizagem mais seguro para este período da pandemia. Além disso, uma vez em casa, sente maior comodidade por conseguir também atender ao filho Kauê Miguel, de dois anos.

 

Funcionamento – Para a realização do Treinar para Empregar, a Semdec firmou parcerias com o Senai e o Senac, que possuem professores imbuídos com formação e experiência adequadas para atender a um público situado na faixa etária acima de 18 anos, portador do Ensino Médio completo e com acesso à internet. As grades dos cursos foram elaboradas com o objetivo claro de qualificar e aperfeiçoar pessoas para o mercado de trabalho formal, promovendo conhecimento para o desenvolvimento de competências e habilidades.

 

Em conjunto com o Senai, o programa está realizando atualmente os cursos de Operador de Telemarketing, Manutenção de Notebooks e Almoxarife, além de Supervisor de Logística, beneficiando um total de 190 alunos. Esta semana, foram iniciadas as turmas de Manutenção de Tablets e Smartphones, Operação de Distribuição e Operação de Atendimento de Delivery, que contemplam um total de 160 alunos matriculados.

 

Na modalidade de Ensino à Distância (EAD), as aulas são realizadas em modo remoto síncronas (ao vivo) e assíncronas (EAD), além da realização de práticas simuladas ou presenciais, quando necessário. A depender da particularidade de cada um, as aulas têm carga horária variando entre 66 horas e 184 horas. As metodologias são centradas na aprendizagem, de forma a estimular o desenvolvimento da iniciativa, análise, avaliação de situações, tomada de decisão e construção do conhecimento.

 

De acordo com a diretora do Trabalho e Empreendedorismo, Maria Eduarda Lomanto, a seleção dos cursos é baseada na demanda empresarial de vagas, assim como nas necessidades e dificuldades enfrentadas pelos candidatos que participam do processo seletivo no Simm e que não obtém sucesso na vaga pretendida. “Outros aspectos que são analisados são as tendências do mercado e o desenvolvimento de novas carreiras. Incluímos cursos que agreguem de fato valor à vida do trabalhador, que sejam instrumentos e que possibilitem novas perspectivas de trabalho”, complementou.

 

Maria Eduarda avalia de forma positiva os resultados dos elementos envolvidos nos cursos do Treinar para Empregar, neste primeiro mês: desde os alunos, que demonstram interesse, participação e satisfação na aquisição de conhecimentos, quanto os empregadores, que se mostram inclinados na flexibilização de critérios no processo seletivo. 

 

“O conhecimento adquirido e a certificação conquistada nutrem um sentimento de esperança e alegria, para buscar novas oportunidades e sucesso no mercado de trabalho. Acreditamos que a qualificação de cada cidadão é fundamental para o desenvolvimento da cidade”, finaliza.


 Fotos: Bruno Concha/Secom



0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑