Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 9 de julho de 2021

Centro Municipal de Educação Infantil é reinaugurado no Parque Bela Vista

 


O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Ieda Barradas Carneiro, localizado na Avenida Antônio Carlos Magalhães, no Parque Bela Vista, está de cara nova após passar por uma ampla reforma estrutural. A unidade, que agora oferece mais conforto para todo o corpo pedagógico e alunos, foi reinaugurada pelo prefeito Bruno Reis nesta quinta-feira (8), ao lado da vice-prefeita Ana Paula Matos e do secretário municipal da Educação, Marcelo Oliveira, em solenidade simbólica.

 

O Ieda Barradas possui 1,3 mil m² de área construída e atende no segmento creche e pré-escola, ou seja, crianças com idades entre dois a cinco anos. Antes, a estrutura apresentava, entre diversos problemas, alagamentos e salas pouco ventiladas. Com a reforma, a realidade agora é outra. Além da recuperação dos elementos estruturais, foram construídas guarita e subestação, realizada a impermeabilização da laje, melhoria da drenagem pluvial, substituição de esquadrias e divisórias, louças e metais.

 

O Cmei também ganhou mais duas salas de aula (saindo de oito para dez), aumentando assim a capacidade de atendimento de alunos de 180 para 225 vagas. Atualmente, a unidade tem 163 alunos matriculados. A intervenção contemplou, ainda, a substituição de pisos e revestimentos, pintura externa e interna, paisagismo e implantação de parque infantil, dando à estrutura um ambiente mais moderno e atrativo.

 


Além disso, todos os espaços foram adequados conforme os protocolos sanitários de combate à Covid-19. Os corredores possuem dispensadores de álcool em gel, totens, marcações de distanciamento social nas salas, corredores e bebedouros, e pias acessíveis para higienização das mãos.

 

“Praticamente fizemos uma nova escola. No período de verão, as crianças daqui sofriam com muito calor. Não havia climatização e agora todas as salas de aula passam a ter ar-condicionado. Não há como falar em educação de qualidade com escolas precárias”, destacou Bruno Reis. Ele acrescentou que, até o final do ano, a Prefeitura entregará mais 11 unidades de ensino.

 

Mãe do pequeno João Marcelo, três anos, a auxiliar de Desenvolvimento Infantil Juliana da Silva Oliveira, 32 anos, fez questão de levar o menino para conhecer como ficou o novo Ieda Barradas. “Marcelinho já era superempolgado com essa escola e, com a reforma, ele está mais ainda. Ano passado, ele veio e teve uma adaptação muito boa no primeiro momento, mas aí veio a pandemia. Foi muito curta a experiência. Ele sentiu muito de não poder vir e agora está num processo de encantamento, louco para voltar e interagir com os professores, com os amiguinhos”, disse.

 

Desenvolvimento – Durante o ato de reinauguração, o prefeito relembrou os avanços que a capital baiana tem alcançado desde 2013 até agora. Quase 70% das unidades de ensino da rede municipal, por exemplo, foram beneficiadas com obras de reformas, requalificação ou reconstrução.


 

No Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que mede a qualidade do segmento em todo país, Salvador ultrapassou 12 capitais, saindo da vigésima sétima para a décima quinta posição. “Por outro lado, houve valorização grande dos profissionais e trabalhadores com implantação do plano de cargos e salários, desenvolvemos material pedagógico próprio, passamos a entregar na data correta o fardamento escolar. A merenda passou a ter ganho de qualidade expressivo. Muitos foram os avanços nesses oito anos e meio, mas queremos ir mais além”, afirmou o chefe do Executivo municipal.

 

Segundo o gestor, o município está investindo, com recursos próprios, cerca de R$100 milhões para construção de escolas – 13 novas unidades estão em processo de licitação. Também já foi autorizada a execução de orçamento para serviços como troca de telhados das estruturas que ainda não foram reformadas, colocação de cobertura de quadras e de grama sintética nos campos de futebol escolares.

 

Tecnologia – Bruno Reis assegurou que a Prefeitura seguirá investindo em tecnologia na rede municipal da Educação. Isso porque a chegada da pandemia da Covid-19 acentuou a necessidade do uso do suporte digital para realização de atividades à distância.

 

“O digital veio para ficar. Toda estrutura montada para aulas remotas será mantida, como canal de TV, videoaulas. Lançaremos nos próximos dias licitação para aquisição de um tablet para cada criança da nossa rede. Também vamos oferecer internet para acesso ao conteúdo digital”, anunciou.

 

Apelo – O prefeito aproveitou a ocasião e fez um apelo para que todos os professores da rede municipal retomem as atividades nas escolas, que desde maio estão liberadas para acontecer de forma semipresencial. Ele recordou que a Prefeitura vacinou, ainda naquele mês, todos os trabalhadores das escolas e instituições de ensino da cidade.

 

“A retomada da Educação provou que tomamos uma decisão acertada. Não impactou em nada para o aumento da pandemia. A rede privada voltou 100% seguindo os protocolos sanitários. A Educação municipal, infelizmente, não voltou na proporção que nós desejávamos. Também faço apelo aos pais que tragam seus filhos para a escola. Tivemos um 2020 comprometido e um 2021 que também está sendo por causa da pandemia. Vamos tentar recuperar o tempo perdido juntos e, para isso, é necessário um esforço coletivo”, frisou.



 Fotos: Betto Jr./Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑