Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Treinar para Empregar inicia cursos de serviços hospitalares



O Programa Treinar para Empregar, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec) iniciou, na segunda-feira (26), o ciclo de cursos de qualificação profissional. Voltado para a excelência em saúde, o programa beneficiará, até o final do ano, cerca de mil trabalhadores. 


As aulas são ministradas pelo Serviço Nacional do Comércio (Senac),  nas modalidades virtual e presencial, na Casa do Comércio. A finalidade é oferecer conhecimentos e técnicas utilizadas nos ambientes de saúde. Será aplicada a metodologia participativa, visando preparar e estimular o trabalhador a desenvolver aptidões e competências emocionais, para concorrer a uma vaga no mercado de trabalho. 


Na manhã desta terça-feira (27), a secretária da Semdec, Mila Paes, esteve na Casa do Comércio junto com Maria Eduarda Lomanto, diretora do Trabalho e Empreendedorismo do município. Elas deram as boas-vindas aos alunos que, neste primeiro momento, participam da capacitação, para atuar nas áreas de Serviços e Práticas do Copeiro Hospitalar, Controle de Estoque e Movimentação de Mercadorias e de Técnicas de Atendimento em Farmácia. 


A secretária informou que o programa tem como meta formar pessoas, com foco na melhoria e aumento da empregabilidade do município, aproximando o setor empresarial dos cidadãos que precisam do emprego. “A gente tem um trabalho desafiador, que é se aproximar do mercado empregador e sensibilizá-lo, para substituir a exigência da experiência em carteira, pelas horas cursadas pelos alunos”, explicou. 


Segundo a gestora, este primeiro módulo é fruto de uma parceria com o Hospital Mater Dei, que tem inauguração prevista para o início de 2022, em Salvador. “É o início de uma caminhada para formar pessoas no setor de saúde, que é promissor de vagas e empregos na cidade, em função dos grupos que estão investindo em hospitais e clínicas locais”. 


A diretora do Trabalho adiantou que todos os profissionais serão encaminhados para o mercado de trabalho, mas não só para o Mater Dei. “Com a qualificação, a gente tem uma chance maior de empregabilidade, na área de saúde”, declarou Maria Eduarda. 


A gerente de Educação do Senac, Maibi Teixeira, explica que foi montada uma trilha educacional para desenvolver as competências socioemocionais, técnicas e digitais dos participantes dos cursos, a fim de que o profissional seja mais bem qualificado a ocupar as vagas no mercado. Para ela, é uma felicidade muito grande, depois de dois anos, receber alunos de forma presencial. “Percebemos outro ânimo, uma nova expectativa de trabalho, tanto para nós do Senac, quanto para os alunos que buscam se qualificar”, comentou.


 


Nesta etapa, serão realizados os cursos de Técnicas e Serviços em Higienização Hospitalar; Serviços e Práticas de Copeiro Hospitalar; Controle de Estoque e Movimentação de Mercadorias; Técnicas Básicas para Porteiro e Técnicas de Atendimento em Farmácia.


Recomeço – Aos 50 anos, Cristiane Candeias procurou a capacitação em busca de novo aprendizado, pois já trabalhou muito tempo em farmácia e agora tem vontade de atuar em hospitais. “Devido à idade, as oportunidades são poucas, então acessei o site do Simm (Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra), vi a divulgação do curso e me inscrevi. Ao meu ver, o curso está ótimo, completo e proveitoso.” 


Já o técnico Joselito França estava acompanhado da esposa Joelma e da filha Laura, todos em busca de capacitação para reinserção no mercado de trabalho. Desempregado, ele viu nesse período de desocupação uma oportunidade para estar com a família e conseguir emprego para os três. “Estamos estudando juntos, sempre interagindo, para aproveitar melhor o curso”, afirmou.  


Aos 18 anos, a filha Laura tem um negócio próprio, desde os 12 anos, mas agora quer entrar no mercado de trabalho. No segundo dia de aula de informática básica, a jovem disse ser muito gratificante participar da capacitação em família, podendo compartilhar o momento com os pais e ao mesmo tempo aprender. 


O jovem Rafael Santos também procurou o curso para se especializar e iniciar uma carreira profissional na área da saúde. Aos 21 anos, ele diz que está confiante. “Estou me profissionalizando e agregando muito conhecimento”, concluiu. 


 Fotos: Otávio dos Santos/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑