Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 1 de agosto de 2021

Terceiro aparelho cadastro no Alerta Celular é localizado


 Mais um aparelho telefônico cadastrado no sistema do Alerta Celular foi recuperado, nesta quinta-feira (29), por equipes do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), na cidade de Alagoinhas. Esse é o terceiro equipamento localizado pela unidade em menos de 15 dias, após consulta na tecnologia.   Os dois últimos já foram devolvidos aos proprietários.


Policiais militares foram acionados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) para averiguar denúncias de tráfico de drogas, no Conjunto Nulce Pereira. O major Antônio Roque Ávila dos Anjos, comandante da unidade, informou que um grupo tentou fugir quando avistou as guarnições.


“Os PMs agiram rapidamente e alcançaram quatro adultos e uma adolescente. Durante buscas pessoais,  as equipes encontraram com um deles um celular de marca Motorola, que após consulta no Alerta, foi confirmada a restrição de roubo para o aparelho”, contou o major.


Com eles também foram apreendidos R$ 2.600 em notas falsas, uma balança e porções de maconha. Dos cinco conduzidos, dois foram autuados por receptação, moeda falsa e porte de substância entorpecente. Já o celular, foi encaminhado para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), onde será devolvido ao proprietário. 


O delegado titular da Delegacia Territorial  (DT) da cidade, Ariston Tenório dos Passos Brito, reforçou a importância da realização do cadastro no sistema. “Apesar de pouco tempo, essa nova tecnologia já vem mostrando resultados positivos, com a facilidade da devolução”, contou.


Veja como cadastrar 


Para inserir o aparelho telefônico no sistema, basta acessar o site alertacelular.ssp.ba.gov.br e fazer o cadastro do IMEI, que consta na nota fiscal ou pode ser consultado discando *#06# do próprio aparelho. Após esse passo, a vítima deve registrar o boletim de ocorrência na Delegacia Digital (nos casos de crimes sem violência física) ou em qualquer unidade da Polícia Civil e aguardar. O proprietário tem 48 horas para, após acionar o sistema de alerta no site, para registrar o BO. Caso não conclua esse processo, o alerta é cancelado. Saiba mais AQUI  



Fonte: Ascom / Poliana Lima

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑