Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Bahia Sem Fogo: Programa encaminha mais duas aeronaves para região Oeste


 Buscando reforçar o combate aos focos de incêndios na região Oeste do estado, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) encaminharam nesta quinta-feira (16/09) mais duas aeronaves para o município de Luís Eduardo Magalhães.


As duas novas aeronaves que auxiliarão no combate aos incêndios florestais são do modelo Air Tractor e com capacidade de armazenamento de dois mil litros de água. Com as quatro do mesmo modelo que já estavam em combate, o governo do Estado soma um total de seis aeronaves disponibilizadas para atuar na região Oeste.


No momento o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) e brigadistas do Prevfogo/Ibama atual na contenção de dois focos de incêndios em Barreiras, dois em Morpará e dois em Luís Eduardo Magalhães. Técnicos da Unidade Regional Oeste do Inema e da Secretaria do Meio Ambiente do município de  Barreiras também auxilia no monitoramento dos incêndios na região.


Segundo a secretária da Sema e diretora do Inema, Márcia Telles, o Estado segue monitorando os focos de incêndios e buscando combater logo nos primeiros indícios. “Considerando o cenário atual, o Programa Bahia Sem Fogo possui um grupo de trabalho voltado só para as ações de monitoramento, fiscalização e combate aos incêndios florestais, que funciona como uma sala de situação. Hoje estamos combatendo em várias regiões e intensificando as ações na região Oeste, sendo nos municípios de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Baianopólis, Morpará, Caetité e Gentio do Ouro”, disse Telles.


O Programa Bahia Sem Fogo desde junho vem intensificando as ações de monitoramento, combate e fiscalização aos incêndios florestais na Bahia, em parceria com várias secretarias, órgãos do Estado, Corpo de Bombeiros, secretarias municipais, lideranças locais, associações, brigadistas e Prevfogo.


Em junho foi publicado o decreto Estadual Portaria Inema de nº 23. 475 que suspende a DQC (declaração de queima controlada) nos municípios que registraram nos últimos 10 anos maiores incidências de incêndios florestais na Bahia.


Canais de denúncia – A qualquer sinal de incêndio, a população deve ligar para o 193. As denúncias de queimadas ilegais e outros crimes ambientais podem ser feitas pelo telefone 0800 071 1400.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑