Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Com 47,7 milhões de animais, Bahia bate novo recorde com maior número de galináceos da história


 Números da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), do IBGE, mostram que em 2020 a Bahia chegou ao número de 47,7 milhões de galináceos, o maior da série histórica iniciada em 1974. O grupo dos galináceos engloba frangos para corte e galinhas poedeiras. O crescimento entre 2019 e 2020 foi de 0,5%, o que representou acréscimo de 230 mil cabeças no período. Com esses números, a Bahia passou do oitavo para o sétimo maior efetivo do país, respondendo por 3,2% do total nacional, que em 2020 foi de 1,5 bilhão de cabeças, apresentando crescimento de 1,5% na relação com o ano anterior, 2019.


O aumento de galináceos na Bahia, percebido no ano de 2020, é o segundo consecutivo. Nos dois anos, 2019 e 2020, o aumento foi puxado pelo contínuo crescimento do número de galinhas poedeiras, destinadas à produção de ovos. O plantel de poedeiras passou de 6,05 milhões em 2019 para 6,84 milhões em 2020, representando um aumento de 13,2%.


“Todas as pesquisas e levantamentos que estão sendo apresentados nos últimos meses mostram o crescimento do agronegócio da Bahia, nas mais diversas cadeias produtivas. É o resultado de ações de fomento à produção, implementadas para o melhoramento genético, manejo adequado, aplicação de novas tecnologias, dentre outros. Festejamos essas conquistas, mas não paramos de trabalhar para ajudar a levar os negócios do campo da Bahia para patamares ainda maiores”, disse o secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia, João Carlos Oliveira.


A PPM mostra que as cidades com as maiores quantidades de galináceos na Bahia, em 2020, foram Barreiras (7,2 milhões de animais), Conceição da Feira (3,3 milhões) e Luís Eduardo Magalhães (3,2 milhões). No período, a cidade de Varzedo teve o maior aumento no plantel de galináceos na Bahia, saindo de 1,1 milhão (2019) para 1,6 milhão (2020), representando crescimento na ordem dos 43,7%. A performance fez com que Varzedo saltasse da décima-primeira posição dentre as cidades produtoras de galináceos no estado para a nona posição.


Outra cidade baiana de destaque na criação de galináceos é Eunápolis. A Pesquisa da Pecuária Municipal, realizada pelo IBGE, mostra que em 2020 o plantel de galináceos da cidade foi de 2,5 milhões, com aumento de 23,8% em relação a 2019 e fazendo com que a cidade saltasse da sétima para a quarta posição dentre as maiores criadoras de galináceos da Bahia.


Fonte: Ascom/ Seagri

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑