Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 11 de setembro de 2021

Passarela na Avenida ACM recebe ações para coibir vandalismo

 


Nos últimos 30 dias, a passarela situada em frente ao Shopping da Bahia sofreu com roubo de cabos e materiais elétricos cinco vezes. Para tentar coibir essas ações, as equipes de manutenção da Diretoria de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Semop, estão fazendo a troca dos cabos convencionais por cabos de alumínio. Como este material não consegue ser extraído dos cabos com facilidade para ser comercializado, a expectativa é que o quantitativo de furtos no local seja reduzido.

 

De acordo com a Dsip, no último dia 31 de agosto foi efetuada a reposição de 500 metros de cabos no local. Poucos dias após a execução do reparo, o material foi novamente furtado.

 

Os atos de vandalismo têm gerado um custo alto para o município, além de deixar os transeuntes inseguros ao passar pelo local no período noturno. Os cabos são os materiais mais furtados devido ao cobre, disponível no interior do item e que possui um valor de comercialização significativo.

 


O gerente de Monitoramento e Manutenção da Dsip, Leonardo Pimentel, explicou que está em andamento a elaboração de um projeto antivandalismo que deverá conter, entre outros itens, eletrodutos mais espessos e soldados, para dificultar os danos e extrações de materiais.

 

"A população sofre diversos prejuízos com esses furtos. O primeiro é o fato de que, quando o equipamento fica escuro, os riscos de assaltos crescem. Esta é uma passarela que possui um grande fluxo de pessoas transitando. Além disso, tem o prejuízo financeiro para a reposição dos cabos que poderiam ser usados para fazer melhorias em outras necessidades da cidade', pontuou.

 

Balanço – De janeiro a julho deste ano, a Prefeitura já gastou cerca de R$200 mil reais com vandalismo e furto de materiais elétricos na cidade. As áreas que registram maior quantitativo de ocorrências de vandalismo são a extensão da orla, Imbuí, Baixa de Quintas, Avenida Luís Viana Filho (Paralela – na altura do bairro de Mussurunga) e no trecho da Ligação Iguatemi Paralela (LIP).

 

Qualquer cidadão que perceber atos de vandalismo na cidade, relacionados à iluminação pública ou não, podem denunciar através do telefone 156. O contato também pode ser feito via internet através do portal Fala Salvador (www. falasalvador. ba. gov. br).

 

Os serviços de manutenção preventiva e corretiva no parque luminoso da capital acontecem ininterruptamente durante os sete dias da semana e os cidadãos podem colaborar acionando a Prefeitura por meio dos canais de atendimento. Em caso de urgência – poste caído ou dando choque, apagão com mais de seis pontos escuros em sequência ou luminária caída – o cidadão pode ainda entrar em contato através do WhatsApp da Dsip/Semop, no (71) 98549-8728.


 Fotos: Otávio dos Santos/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑