Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Técnicos da Sempre recebem capacitação sobre violências de gênero

 

 "Violências Baseadas em Gênero" é o tema da capacitação, iniciada nesta segunda-feira (20), para 80 profissionais da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre). A iniciativa, que tem a parceria do Banco Mundial e a empresa Promundo, tem o objetivo de habilitar os profissionais para atuar na prevenção e orientação de situações de violências sofridas por pessoas em condição de vulnerabilidade, devido à sua identidade de gênero ou orientação sexual.

 

O titular da Sempre, Kiki Bispo, avaliou o impacto da capacitação para o trabalho realizado pela equipe técnica. “Em nossos equipamentos socioassistenciais, espalhados por toda a cidade, recebemos pessoas que estão passando por inúmeras situações de vulnerabilidade, e a violência baseada em gênero é uma delas. Para quem procura ajuda, é fundamental encontrar profissionais que possam ofertar o atendimento ou o encaminhamento de imediato, pois assim conseguimos prevenir e evitar o ciclo de violência, e assim ofertar para essas pessoas a condição de viver com dignidade”.

 

Os profissionais dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro Pop, Unidade de Acolhimento e também da gestão da Sempre participam desse processo formativo, que tem 20 horas de carga horária. A atividade on-line será ministrada também nos próximos dias 22, 24 e 30, além de 1º de outubro.

 

A assistente social da Diretoria de Proteção Básica da Sempre, Neri Crisóstomo, afirmou que a capacitação é essencial para que os profissionais que trabalham nos Centros sejam qualificados para atendimento ao público mais vulnerável, seja ele formado por mulheres, pessoas trans, crianças ou adolescentes, que sofram algum tipo de violência física, psicológica ou sexual.

 

“A gente sabe que a violência de gênero é crescente e, nessa pandemia, se tornou mais alarmante. Vemos pelos dados dos nossos equipamentos o quanto essa demanda aumentou em nossos atendimentos. É importante também pensar nessa qualificação, no fortalecimento da rede socioassistencial e no atendimento em conjunto com outras políticas públicas que trabalham com essa temática”, destacou.  

 

O processo formativo faz parte da etapa do Projeto Prevenção à Violência Baseada em Gênero por meio do Sistema Único de Assistência Social (Suas), e compõe as ações do projeto Salvador Social. Os temas abordados são Gênero e Masculinidades; Trabalho em Rede; Prevenção de VBG na Assistência Social; Metodologias de Abordagem; Gênero e Interseccionalidade; VBG e Racismo, dentre outros.


 Foto: Vitor Santos/Sempre

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑