Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Festival alia empoderamento feminino e turismo gastronômico em Salvador


A praça de alimentação do Shopping Barra virou um grande centro de gastronomia regional, nesta quarta-feira (10), com o lançamento do Festival Donas do Sabor, reunindo dez das principais chefs de cozinha soteropolitanas num esforço para dar visibilidade a essas detentoras da cultura imaterial e gastronômica da primeira capital do Brasil. A solenidade contou com a presença do prefeito Bruno Reis, da vice-prefeita e secretária de Gestão, Ana Paula Matos, de secretários municipais e representantes do trade turístico de Salvador. Além disso, a cerimônia apresentou o primeiro episódio da websérie "Donas do Sabor".


O chefe do Executivo municipal destacou que o investimento no turismo gastronômico se traduz em benefícios para toda a cidade. "Não há tantas cidades no mundo com tanta variedade gastronômica como Salvador. Temos um rico patrimônio histórico cultural e religioso, como belezas naturais, mais de 60 quilômetros de orla. Além da gastronomia, o povo é acolhedor. Esse conjunto de potencialidades é que nos diferencia, e ao longo dos últimos nove anos recuperamos muito para trazer novas ideias e colocar Salvador no status que tem hoje".


Pesquisas recentes colocam Salvador entre os três principais destinos turísticos do Brasil, e o prefeito ressaltou que mesmo em um cenário de adversidade e instabilidade, como foi a pandemia de coronavírus, a cidade não parou. "Neste período não paramos de avançar. Essa ação vai projetar chefs e estimular para que outras se inscrevam. A gastronomia da cidade é um dos nossos principais ativos, o que nos diferencia dessa disputa mundial. Nenhuma outra metrópole reúne tantas potencializadas como a nossa. O que estamos fazendo é garantir a valorização de nossa cultura, história e também dinamizar a economia e atrair visitantes".


Embaixadoras - Integram a equipe de embaixadoras as chefs Déa Nascimento (Solar Gastronomia), Ana Célia (Zanzibar), Angeluci Figueiredo (Restaurante Preta), Dona Jô (Cantinho da Jô), Angélica Moreira (Ajeum da Diáspora), Nara Amaral (Di Janela), Neinha (Neinha Point do Camarão), Leila Carreiro (Dona Mariquita), Tereza Paim (Casa de Tereza) e Deliene Mota (Encantos da Maré). 


Para a chef Tereza Paim, a iniciativa chega para valorizar o diferencial histórico e afetivo da culinária soteropolitana. "O Brasil nasceu aqui, somos a primeira gastronomia do país, temos essa fusão de português, índio e negro como a base principal da cozinha baiana, além de vivermos em uma cidade com uma vocação turística enorme, e nós vivemos desse turismo. E quem vem para a Bahia quer viver como baiano e comer todas as nossas iguarias". 


Com duas décadas de experiência, Neinha, do Point do Camarão, em Plataforma, começou a carreira com o mocotó e hoje é reconhecida internacionalmente pelos pratos com camarão. "Este festival vem mostrar o que a Bahia tem de mais puro, o dom das mulheres na cozinha e dar destaque e visibilidade a essas mulheres".


"O festival tem a chancela do Women on Food, selo internacional que visa conectar, capacitar e educar mulheres que transformam a gastronomia pelo mundo, e que mapeou as principais chefs da capital baiana. O objetivo desta ação é fomentar a rota turística gastronômica de Salvador, atraindo visitantes nacionais e internacionais, por meio das mulheres que dominam este importante pilar da cultura da cidade", explica o secretário municipal de Cultura e Turismo, Fábio Mota.


Panorama - Buscando fomentar o roteiro gastronômico da capital baiana, o projeto é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), em parceria com o Women on Food - uma aliança internacional com o objetivo de conectar e capacitar mulheres que estão transformando a gastronomia em todo o mundo -, e conta com o apoio da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e do Shopping Barra.


O festival traz seis webseries, mostrando a gastronomia da cidade, a história das chefes, o restaurante pop up e uma plataforma digital para que qualquer mulher soteropolitana que seja chef de cozinha possa inscrever seu prato e fazer parte do nosso restaurante conceito.


As duplas de embaixadoras do projeto são: Angeluci Figueiredo (Preta) e Dona Jô (Canto da Jô), Déa Nascimento e Ana Célia, Angélica e Nara Amaral, Tereza Paim e Deliene Mota e Neinha e Leila Cordeiro. Cada parceria criará um prato para participar do festival.


Plataforma Digital - Criada em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a Plataforma Digital do Donas do Sabor vai dar visibilidade às chefs de cozinha de Salvador. O processo é gratuito e deve ser feito através do site www.salvadordabahia.com/festival-donas-do-sabor/"Esse projeto é fantástico, pois abraça duas vertentes importantes, pois ajuda a recuperar o setor de bares e restaurantes e valoriza a gastronomia da cidade, alavancando as vendas, gerando emprego e renda. Além disso, há a valorização das mulheres", destaca Leandro Menezes, presidente da Abrasel.

 Foto: Valter Pontes - SECOM


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑