Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Lançado segundo ciclo de inscrições para edital Cidade Zero Carbono

 


Com inscrições abertas até o próximo dia 26, o Senai Cimatec e a Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis), lançaram o segundo ciclo de inscrições do edital Cidade Zero Carbono. A partir de agora, as startups podem se inscrever sabendo qual problema elas são capazes de solucionar junto a grandes indústrias para a realização da Prova de Conceito, que é o teste de solução das startups.

Para participar do edital, a startup deve ter CNPJ ativo com até dez anos de existência e faturamento anual inferior a R$16 milhões. Mais informações de como participar do edital e os desafios das indústrias demandantes podem ser acessados através do endereço https:// bityli. com/ zerocarbono .

Seminário – Nesta quinta-feira (18), às 17h, será realizado um webinar para comunicar os desafios das indústrias demandantes e explicar como as startups podem se conectar com grandes indústrias através de soluções inovadoras e sustentáveis. O acesso ao seminário acontece através do endereço: www. bityli. com/ webzerocarbono .

“É uma grande oportunidade de ouvir as dores das indústrias e tirar todas as suas dúvidas sobre a Chamada Cidade Zero Carbono em um bate-papo direto e interativo”, frisa Flávio Marinho, gerente executivo do Senai Cimatec.

Etapas – No primeiro ciclo, que teve as inscrições encerradas em outubro, as indústrias demandantes indicaram os seus desafios e, em paralelo, as startups submeteram ao edital as suas soluções relacionadas à temática de redução da emissão de carbono. Em seguida, está em andamento as conexões entre as startups selecionadas e indústrias. Empresas e instituições parcerias como Ford, Neoenergia, Pirelli, Deten, Grupo Civil e Ifood, entre outras, participam do desafio.  

Nesta nova etapa, com os desafios das indústrias demandantes devidamente mapeados, as startups passam a se inscrever direcionando a sua solução para a indústria com o desafio que apresenta maior contribuição no enfrentamento para a diminuição, até neutralização, das emissões de carbono na atmosfera.

“A todo momento percebemos o quanto é necessário encontrarmos soluções inovadoras para a crise climática. As etapas do edital estão avançando e esperamos que essas ideias possam ser absorvidas pelo setor privado”, reforça a titular da Secis, Edna França. 

No terceiro e último ciclo, previsto para iniciar em janeiro de 2022, os projetos resultantes da conexão entre as indústrias demandantes e as startups receberão aporte financeiro e econômico não reembolsável para realização da Prova de Conceito, com duração de até seis meses.

  

Chamada – Lançada no início de setembro deste ano, a chamada Cidade Zero Carbono visa alavancar projetos de startups, por meio de apoio do poder público e entidades privadas. O intuito é de solucionar problemas destes entes, além de ajudar a criar condições para zerar as emissões de carbono da capital baiana até 2049, conforme meta estabelecida no projeto, que também tem o objetivo de estimular o empreendedorismo e a inovação na cidade.


 Foto: Valter Pontes/Secom

--

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑