Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 23 de novembro de 2021

Sempre promove atividades em alusão ao Novembro Negro



 

Foto: Otávio Santos/Secom

Como parte das ações do Novembro Negro, a Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) tem realizado diversas atividades em referência ao Novembro Negro. Na sexta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, a Unidade de Acolhimento Institucional (UAI) de Pirajá, promoveu o desfile de moda em homenagem à cultura africana, que contou com o apoio do bloco afro Ilê Aiyê e da marca Madá Negriff.

O objetivo da atividade foi combater qualquer tipo de discriminação e elevar a autoestima das pessoas negras que estavam em situação de rua e que hoje são acolhidas nas UAIs. O evento, que teve como tema “A beleza na diversidade e representatividade da pessoa negra em situação de rua”, contou com a participação de 20 modelos, todos integrantes das Unidades de Acolhimento.

A modelo trans e acolhida pela UAI Cajazeiras VIII, Barbie Lago, ressaltou a importância de a atividade ser realizada para pessoas negras nesse Novembro Negro. “Precisamos cada vez mais valorizar as raízes negras, discutir o combate ao racismo e gerar mais ações para toda essa população. É preciso dar mais estudo, emprego e oportunidades principalmente para pessoas negras que, geralmente, são a maioria nos casos de situação de rua”.

Sendo acolhida também pela UAI Cajazeiras VIII, Shirlei Costa Brito, 41 anos, demonstrou bastante emoção ao ser aplaudida em seu primeiro desfile. “Eu me senti muito feliz quando vi as pessoas me aplaudindo. Hoje, eu estou me sentindo maravilhosa com essa maquiagem, com essa roupa. Com certeza, esse desfile fez com que o meu brilho fosse reativado”.

O coordenador da Unidade de Acolhimento Institucional (UAI) de Pirajá, Murilo Bastos, reforçou a intenção de diversificar a iniciativa. “Nosso objetivo sempre será de promover a inclusão dessas pessoas em situação de rua e mostrar que elas têm  importância para a sociedade. Hoje, promovemos uma atividade de combate ao racismo e de preconceito em forma de amor, dando de volta para elas a sua autoestima”.

Representatividade Black – Também na sexta-feira (19), foi realizado o desfile de moda, que teve como tema “Representatividade Black — A desconstrução dos Padrões de Beleza e a Valorização das Raízes Negras”. O evento aconteceu no Cras do Bairro da Paz, em parceria com o programa Avançar. Foram oferecidas oficinas de capoeira, trança, turbante, maquiagem, criação de acessórios, contação de histórias com personagens negros e apresentações de capoeira e da dança negra.



--

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑