Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

Dercca realiza segunda fase da Operação Cinderela em Salvador

 



Policiais da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) e Núcleo de Inteligência (NI) do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), com o apoio dos agentes de proteção da 5a Vara da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça da Bahia, realizaram a terceira fase da Operação Cinderela, nesta terça-feira (21). As ações aconteceram na Pituba, Caminho das Árvores e nas Avenidas ACM e Barros Reis.

A Operação Cinderela tem o objetivo de retirar vítimas da exploração do trabalho infantojuvenil e em vulnerabilidade social das ruas. Nove crianças e adolescentes, com idades entre um e 14 anos, foram conduzidas para a Dercca acompanhadas de adultos e seus responsáveis.




Todas as crianças e adolescentes acolhidas estavam expostas a exploração do trabalho infantojuvenil, tanto vendendo produtos nas ruas, quanto em situação de mendicância. Conforme os levantamentos da Dercca, diversas pessoas envolvidas com estas práticas já foram cadastradas pelo Serviço de Abordagem Social, da Secretaria Municipal de Promoção Social (Seas/Sempre).

A titular da especializada, delegada Simone Moutinho, reforçou a peculiaridade da ação. “A Cinderela é uma operação diferenciada, considerando que existe um contexto social muito forte. Por isso, existe um cuidado que vai desde o planejamento até a abordagem e o tratamento na Dercca”, detalhou.

A delegada ainda destacou a participação da sociedade. “A população participou significativamente, fornecendo informações à Dercca e ao Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o que colaborou para a realização de mais uma ação de repressão a exploração do trabalho infantojuvenil, retirando crianças e adolescentes de situações de vulnerabilidade social”, declarou.

Os adultos conduzidos responderão inquérito policial por exploração do trabalho infantojuvenil. As famílias das crianças serão advertidas e, conforme a especificidade de cada caso, a vítima será encaminhada para um abrigo.

Fonte: Ascom PC

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑