Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

GAT intensifica ações de apoio ao turista na alta estação



Fotos: Otávio Santos/Secom

Com a chegada da alta estação e a presença gradativa dos turistas na cidade de Salvador, o Grupamento de Apoio ao Turista (GAT), vinculado à Guarda Civil Municipal (GCM), tem reforçado a atuação nas ruas do Centro Histórico de Salvador. Desde o final do ano passado, os agentes civis municipais estão presentes 24h na região, para orientar e dar suporte aos visitantes, comerciantes e moradores.

Além disso, é realizado o patrulhamento preventivo e ostensivo na região, através de viaturas motorizadas ou a pé, com profissionais capacitados no âmbito do atendimento turístico local e estrangeiro.  Atualmente, cerca de 80 guardas, em turnos, percorrem as localidades do Comércio, Santo Antônio Além do Carmo, Elevador Lacerda, Praça Cairu, Mercado Modelo, Praça da Sé e Terreiro de Jesus, dentre outros locais. 

“Toda GCM está espalhada pela cidade com o objetivo de levar mais segurança para toda a população. Aqui no Centro Histórico, especificamente, estamos trabalhando para que visitantes e moradores se sintam mais seguros e protegidos”, disse o supervisor de Operações e comandante do GAT, Thiago Almeida.  A base operacional do grupamento está localizada na Rua Gregório de Matos, no Pelourinho.

Antes de atuarem nas ruas, os agentes participaram, no ano passado, de uma capacitação continuada, onde foram abordados conhecimentos de língua estrangeira, conhecimento dos patrimônios históricos e culturais de Salvador e atendimento ao público, dentre outros temas.

Aprovação – Nascido em Salvador e atualmente morando em Maceió, o empresário Luís Fernando Tenório, de 44 anos, está de passagem pela capital baiana e parabenizou a atuação dos agentes do GAT. “Eu amo essa cidade, cada detalhe dela, e me sinto muito mais seguro com a presença dos agentes nas ruas. Além disso, as orientações que eles nos dão são nota dez”.

O publicitário Pablo Emílio da Costa, de 36 anos, veio de Belo Horizonte para visitar Salvador pela primeira vez e ficou feliz em saber que no Centro Histórico tinha uma base operacional de apoio ao turista. “Estou há três dias já na cidade, é um sonho antigo. Hoje vim com a minha família conhecer o Pelourinho e fui abordado pelos agentes, que nos orientaram como manter nosso passeio mais seguro. Gostei bastante da atuação deles”.

Desde o Réveillon visitando os lugares paradisíacos do estado e há três dias na capital baiana, o bancário Felipe Cunha, 27 anos, do Mato Grosso do Sul, também se sentiu mais seguro com a presença dos guardas civis. “Dar um suporte ao turista e ao morador da cidade é extremamente importante. Hoje, me sinto mais seguro ao andar nas ruas do Centro Histórico”, declarou.


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑