Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 12 de maio de 2018

Obra de requalificação da Rua Chile prevê rebaixamento da rede elétrica

A primeira rua do Brasil, localizada no Centro Histórico de Salvador, a Rua Chile passará por intervenções que irão deixar o local totalmente repaginado. Nesta sexta-feira (11), o gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias, se reuniu com o diretor do Hotel Fera Palace, Paulo Marques, para discutir o impacto e o cronograma da obra. 

Segundo o gestor da Dircas, a expectativa é de que a obra seja iniciada em breve e deve durar quatro meses. “Hoje viemos alinhar o cronograma executivo da obra e articular ações que minimizem o impacto para os comerciantes e o principal empreendimento instalado na Rua Chile, que é o Hotel Fera Palace. A partir dessa obra, viabilizamos a implantação de uma infraestrutura que até então não existia e retiramos a poluição visual dos imóveis tombados dessa região”, esclarece. 

O trecho de 500 metros da rua Chile passará por serviços que incluem vala única, que consiste no rebaixamento da rede elétrica, de iluminação e de telecomunicações; com isso toda a fiação passará a ser subterrânea. Haverá também a implantação da rede de gás. Além disso, a pavimentação da Rua Chile voltará a ser em paralelepípedo. 

Para o início das obras, a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder) aguardava a aprovação do projeto de arqueologia para o rebaixamento da fiação encaminhado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), já que a área é tombada pelo órgão. A Conder foi notificada da autorização no último dia 4 de maio. 

Divulgação 

As obras no local fazem parte das ações do Governo do Estado por meio do projeto 'Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador', que entre as ações prevê a pavimentação de vias e requalificação de calçadas com melhorias na acessibilidade. A intervenção na Rua Chile faz parte do lote 2 do projeto, que inclui além da área do Centro Histórico, os bairros do Dois de Julho, Nazaré e Politeama. Nesta etapa serão investidos R$ 42,9 milhões na recuperação de 89 vias. O investimento total na recuperação das ruas do Centro Antigo da capital baiana é de R$ 124 milhões, contemplando mais de 270 vias. 

Para o diretor do Fera Palace, Paulo Marques, a obra representa um novo momento para a região do Centro Histórico. “Realizamos um investimento de R$ 60 milhões na Rua Chile, a partir da abertura do hotel, para reavivar um prédio icônico de 1934. Essas intervenções representam uma contrapartida do Governo do Estado para completar a revitalização que defendemos. É uma obra fundamental para que possamos oferecer mais conforto e comodidade para nossos hóspedes, além de que toda a cidade ganha com esse investimento”, ressalta.

As obras de requalificação já foram iniciadas nas ruas Visconde de Itaparica, Ruy Barbosa, Vassouras, Tesouro e Curriachito. Mais dez ruas que ficam no entorno da Rua Chile receberão o serviço. Ao todo, 18 ruas que estão em área tombada devido ao alto valor histórico e cultural e reconhecidas pela Unesco como Patrimônio da Humanidade serão beneficiadas.

Repórter: Jairo Gonçalves/SECOM GOV BA

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑