Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Número de atendimentos em clínicas veterinárias aumenta com a elevação do calor



Diarreia, vômito, desidratação e hipertermia são alguns dos sintomas que os cães apresentam por falta de maior atenção dos seus donos.

Conforme dados da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), as temperaturas do verão de 2019 têm sido uma das mais altas dos últimos anos. Na última terça-feira, dia 22, os termômetros de Ribeirão Preto, por exemplo, registraram 37,6º por volta de 17h.  Ainda neste mês, o Instituto Nacional de Meteorologia marcou temperaturas de até 39,4º no Rio de Janeiro.

Com o calor intenso, os animais sofrem e, às vezes, muito mais que o homem, pois não possuem recursos para se refrescarem sozinhos. Nas clínicas veterinárias de todo Brasil, nesta época do ano, o número de atendimentos a cães que apresentam diarreia, vômito, desidratação e até hipertermia, aumenta consideravelmente.

De acordo com o veterinário do Clube do Cãompo, Aldo Macellaro, muitas pessoas saem cedo para trabalhar, fecham as janelas com medo da chuva e deixam seus cães trancados no sufoco. Algumas ainda comidas que podem estragar por conta das altas temperaturas e potes com água que acabam virando nas brincadeiras dos próprios pets, o que pode causar desidratação.

Para fugir destes problemas, muitos tutores, como Lori Moscatelli, dona de dois cãezinhos, Carlos, um vira-lata de quatro anos e  Neymar Jr., um Pastor de Shetland de um ano, acabam buscando soluções como deixar os pets com alguém da família que possa cuidar enquanto trabalham ou mesmo optam por hotéis para cães com boas estruturas que incluem até banho de piscina.



Carlos e Neymar, por exemplo, agora são hospedes do Clube de Cãompo, em Itú, um resort para cães que oferece 60 mil metros quadrados de espaço ao ar livre e muita grama, atividades diversas e até brincadeiras refrescantes na piscina. “Eu optei pelos chalés de luxo do Clube, porque incluem atividades na piscina e ventilador a vontade”, explica Moscatelli.



O Clube de Campo é, na verdade, um grande resort para cães. O espaço oferece além de hospedagens, treinamentos e atividades diversas como agility e uma piscina à disposição dos hóspedes vips ou day care.

Uma diária completa no Clube de Caompo custa a partir da R$ 90,00. Os chalés Vips que contam com jardim particular, ventilador e acesso à piscina com monitoramento, custa a partir de R$ 150,00. É possível fazer pacotes mensais e optar por diversas atividades.

Para quem não pode optar por este tipo de hospedagem, veja as dicas importantes do veterinário Marcos Padashi Noha, de São Paulo, para que seu cãozinho não sofra no verão e não tenha ocorrência de doenças mais graves:

- Tentar manter o local o mais ventilado possível, pois se estiver muito quente o cachorro pode ter hipertermia;

- O ideal é que seja ventilação natural das janelas, mas se precisar que elas fiquem fechadas, deixar um ventilador, mas não diretamente no animal;

- Ter cuidado com ar condicionado pois ele pode provocar uma gripe ou pneumonia no cachorro;

- Deixar bastante água disponível para o pet;

- Não deixar comida misturada com ração pois pode azedar e causar intoxicação, vômito e diarreia;

- Não passear com os cachorros em horários muito quentes pois o chão pode queimar as patinhas.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑