Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Via Metropolitana, ferry-boat e rodoviária têm funcionamento especial no Carnaval

A Bahia possui paisagens diversas e diferenciadas. São 417 municípios, o maior litoral do Brasil, cachoeiras, grutas, serras e até cânions. Quem vai sair de Salvador tem algumas opções de transporte, como os ônibus, para todas as regiões do estado, o Sistema Ferry-boat, para o litoral sul, e os carros particulares, que podem utilizar a Via Metropolitana para acessar mais rapidamente o Litoral Norte.

De acordo com o diretor de Fiscalização da Agerba, Abd-ul Novais, o órgão preparou um esquema especial para o período que vai desta quinta-feira (28) até o dia 6 de março. "Somente pela Rodoviária, temos uma estimativa de que mais de 100 mil pessoas devem sair de Salvador para todo o interior", afirma.

As cidades mais procuradas são as litorâneas, como Itacaré, Ilhéus e Porto Seguro, mas outras regiões também são bem visitadas, a exemplo de Vitória da Conquista, Barreiras, os municípios da Chapada Diamantina e todo o Recôncavo Baiano.

Novais informa também que as empresas colocaram à disposição dos baianos cerca de 500 horários extras de ônibus e, caso haja necessidade, esse número pode ser ampliado. "A Agerba alerta para que o usuário não utilize linhas clandestinas, muitas vezes o motorista não tem habilitação e os veículos podem não estar em condição de trafegar, oferecendo risco aos passageiros", explica.

As dicas para quem vai usar a Rodoviária são exigir o ticket de bagagem ao embarcar no ônibus, pois, conforme Novais, "se a mala extraviar, o passageiro terá direito a indenização". Também é recomendado que o passageiro chegue ao Terminal Rodoviário pelo menos meia hora antes do horário de partida. Mais informações podem ser obtidas no balcão da Agerba, na Rodoviária, ou no callcenter (0800 071 0080).

Via Metropolitana

Para acessar a Via Metropolitana pela Avenida Paralela, o motorista deve subir o viaduto que dá acesso a São Cristóvão, em direção à CIA-Aeroporto. Em seguida, no quilômetro 18, pegar o acesso à direita, entrando na Via Metropolitana. O motorista que segue na Via Metropolitana no sentido Estrada do Coco não paga pedágio e, no sentido oposto, tem uma hora de isenção, após ter pago na Concessionária Litoral Norte, na Estrada do Coco.

Segundo o coordenador de Operações da Concessionária Bahia Norte, Alessandro Fernandes, são esperados 400 mil veículos trafegando pelo sistema BA-093, operado pela concessionária. “A Via Metropolitana liga a CIA-Aeroporto à Estrada do Coco mais rapidamente, evitando o tráfego pesado da região de Lauro de Freitas. Além disso, nós oferecemos atendimento médico, mecânico, combate a incêndio, apreensão de animais, todos dimensionados para atendimento a essa demanda extra de fluxo para o período do Carnaval. Havendo qualquer emergência, basta ligar 0800 6000093. É um canal de comunicação 24 horas”, diz.

Entre aqueles que utilizam a Via Metropolitana diariamente, o empresário Messias Bonfim mora em Abrantes e recomenda a rodovia. “Melhorou bastante o tráfego. Não é mais necessário passar por Lauro de Freitas para ir para o Litoral Norte. A gente segue o caminho tranquilamente, sem pegar engarrafamento”.

Ferry-boat

A comerciária Jaqueline dos Santos, de Feira de Santana, resolveu passar o Carnaval em Valença. Ela pegou o ferry-boat das 10h desta quarta-feira (27). “Eu optei atravessar de ferry-boat para economizar tempo. Se eu fosse de ônibus, seriam seis horas de viagem. Pelo ferry, são duas horas e meia. Então, vale a pena”, destaca.

A operação especial de Carnaval do Sistema Ferry-boat, com início na última segunda-feira (25), segue até 11 de março. As viagens são realizadas nos horários regulares de funcionamento (de hora em hora) e também há saídas extras. As embarcações disponíveis para as travessias entre Salvador e Ilha de Itaparica são: Dorival Caymmi, Maria Bethânia, Pinheiro, Rio Paraguaçu, Zumbi dos Palmares, Anna Nery e Ivete Sangalo.

A quantidade de ferries em trânsito a cada momento pode variar de acordo com a demanda e também considerando os momentos de manutenção e vistorias das embarcações que se façam necessárias durante o período.

Das 5h desta quarta (27) até 23h30 de sábado (2), o atendimento é feito sem interrupção. Serão mais de 90 horas seguidas de operação. De acordo com a Internacional Travessias Salvador (ITS), administradora do serviço, como a demanda de retorno costuma se dividir entre os dias subsequentes à Quarta-feira de Cinzas, a empesa estendeu a operação especial de Carnaval até 11 de março, ampliando o atendimento. O retorno também vai ter funcionamento 24 horas: das 5h de 5 de março até as 23h30 de 6 de março (de terça para quarta).

Hora marcada

A ITS calcula que cerca de 455 mil pessoas e mais de 65 mil veículos utilizem o sistema Ferry-boat no Carnaval, volume igual ao registrado no ano passado. Para aqueles que pretendem utilizar o serviço Hora Marcada, a modalidade é vendida pela internet, através do site da Internacional Travessias. Como as vagas são abertas com 30 dias de antecedência e a procura é muito grande, é importante checar a disponibilidade atual para a data pretendida.

Vale lembrar que, nos casos em que há remarcação, a vaga volta a ficar disponível no sistema. Foram ofertadas 900 vagas extras para o período de festas. Mais informações sobre o serviço, exclusivo aos veículos, podem ser adquiridas pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), no número 0800 028 2723, de segunda a sexta das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h, ou no e-mail demandastravessias@sollobrasil.com.br.

Repórter: Raul Rodrigues

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑