Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 11 de março de 2019

De março a junho, Sala do Coro do TCA receberá mais de 70 sessões de espetáculos

De março a junho, Sala do Coro do TCA receberá mais de 70 sessões de espetáculos
Projetos selecionados em convocatória e corpos artísticos do Estado da Bahia fazem diversa programação no primeiro semestre do ano
 
Teatro, dança e música estarão em cartaz na Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA) de março a junho. Durante estes quatro meses, serão apresentadas mais de 70 sessões de espetáculos, com projetos selecionados da ‘Convocatória para Ocupação de Pauta da Sala do Coro do TCA – 1º Semestre de 2019’, somados à Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), ao Balé Teatro Castro Alves (BTCA) e à Escola de Dança da Funceb.
 
Os corpos artísticos oficiais da Bahia iniciam a programação e têm pautas garantidas todos os meses. Nos dias 20 e 21 de março, a OSBA retoma o seu “Sarau Myriam Fraga”, que oferece destaque especial para a poesia e para mulheres artistas. Nesta edição, o maestro Carlos Prazeres conduz as atividades e a violinista Priscila Rato, atual spalla da orquestra, será a solista. No repertório, obras de Vivaldi, Strauss e Bach, e também peças mais recentes de estilos variados, de Luiz Gonzaga até Paul McCartney. Depois, nos dias 23 e 24 de março, o BTCA encena “Tamanho Único”. Estreada em julho de 2018, a obra é um conjunto de solos com temas livres interpretados por integrantes da companhia, criados por eles próprios e por convidados externos: o coreógrafo Augusto Soledade (Brasil/Estados Unidos) e o pesquisador em dança Leo Serrano (Argentina). As cenas abordam temas contemporâneos contextualizados nas experiências dos criadores e bailarinos.
 
Assim como vem ocorrendo desde a reabertura da Sala do Coro, as terças serão de música. Quem faz o primeiro show é a banda Toco Y Me Voy, no dia 26 de março. Em abril, vai ter J. Velloso e Luciano Salvador Bahia, Lia Lordelo com o seu “Torquatália”, Talita Avelino, Ronei Jorge e Baixo e Fêmea. Em maio, será a vez de Jó no lançamento do EP “Ao meu alcance”, Lazzo Matumbi, Jonga Lima e Caim. Encerrando o semestre, em junho, Letieres Leite Quinteto lançando CD, grupo Quabales e Livia Nery apresentando “Beco do sossego”.
 
Para a linguagem de teatro, haverá as temporadas de estreia de “Mulheres de Sangue”, de Fafá Menezes, entre abril e maio, e de “Embarque Imediato”, de Aldri Anunciação, entre maio e junho. Em dança, além do BTCA e da Escola de Dança da Funceb, a Sala do Coro receberá atividades da 13ª edição do “VIVADANÇA Festival Internacional”, no mês de abril, e os espetáculos “HAITI o AYITI”, da coreógrafa Cecilia Lisa Eliceche em parceria com o artista visual Leandro Nerefuh, em maio, e “O Baile”, do Coletivo Casa 4, em junho.
 
RETOMADA E CONVOCATÓRIAS – Inaugurada em julho de 2018, a Nova Sala do Coro do TCA passou por completa reforma, dentro do projeto Novo TCA. Ela adquiriu uma nova configuração espacial para o palco e a plateia, tendo a flexibilidade de formatos como fundamento: múltiplos arranjos são possíveis com a sua arquibancada retrátil. Intervenções técnicas e de estrutura também incluíram a reformulação do foyer, modernização dos equipamentos de sonorização, qualificação de acústica e cenotecnia, renovação do sistema de ar-condicionado, reforma dos sanitários e camarins.
 
Uma programação de retomada foi iniciada em setembro, reintegrando artistas e públicos na rotina do espaço, como resultado da ‘Convocatória Especial Nova Sala do Coro – Ocupação da Pauta Artística da Nova Sala do Coro do TCA’, que, até dezembro, dispôs ao público 80 sessões de 27 projetos artísticos selecionados, juntamente com a OSBA, o BTCA, o NEOJIBA e as Escolas de Dança e de Música da Funceb. No primeiro bimestre de 2019, uma agenda complementar garantiu a continuidade desta ocupação especial, com mais 32 apresentações.
 
Mantendo o procedimento de sistematização de normas, critérios e prazos para definir a programação do espaço, foi lançada ainda em dezembro a ‘Convocatória para Ocupação de Pauta da Sala do Coro do TCA – 1º Semestre de 2019’. Com o chamamento público, o TCA dá maior transparência e possibilidade de acesso à Sala do Coro, essencial para a difusão das artes da Bahia, em especial para produções experimentais, de pequeno porte, independentes e emergentes, garantindo também, por outro lado, uma variedade de opções artístico-culturais respaldadas para o público. Dentre 66 propostas inscritas, 20 foram selecionadas.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑