Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 7 de março de 2019

“Foi por esse AMOR” em cartaz 13, 20 e 27 de março no Teatro Sesi Rio Vermelho


Em duas temporadas mais de mil espectadores assistiram ao espetáculo

Pai e Filho. O teatro e o carnaval são elos. Duas temporadas e 15 apresentações do espetáculo Foi Por Esse Amor com casa cheia, mais de mil espectadores assistiram à peça, sendo 250 policiais militares do Estado da Bahia, instituição da qual o ator Antônio Roque fez parte e chegou ao cargo de tenente-coronel.
O sucesso da segunda temporada no Teatro Sesi Rio Vermelho fez com que o espetáculo fosse convidado pela gestão do espaço a permanecer em cartaz no mês de março. Após o carnaval, serão mais três apresentações 13, 20 e 27 de março – quartas-feiras, às 20h.
Em cena, histórias e memórias familiares se unem a fábulas do cotidiano soteropolitano. O ator João Guisande – indicado ao Prêmio Braskem de teatro 2018 pela atuação em Foi Por Esse Amor e no solo Retratos Imorais - contracena com o próprio pai, Antônio Roque, coronel da polícia militar da Bahia, aposentado, baiano de corpo, alma e coração, e agora ATOR.
A obra traz a relação entre pai e filho em diversas circunstâncias, do amor de ambos pelo carnaval até as dúvidas e medos da infância, juventude e velhice, da rivalidade no futebol - António (Bahia) e João (Vitória) -, as canções que os movem, da vida após aposentadoria ao amor que rege esse encontro, “afinal de contas, não há sonho mais lindo do que vossa terra, não há”.
Marcam presença também na encenação, três “personagens” que migram dos espetáculos “Amnésis” e “Lembranças da Bahia” – espetáculos que Guisande esteve como ator - e funcionam como fios condutores da dramaturgia, são eles: um vendedor de picolé, um artista de rua, e um esquizofrênico.
Trazendo a poética do teatro documentário, pai e filho também são personagens e ainda interpretam familiares. “O espetáculo traz memórias afetivas, revela a minha baianidade através de personagens que fizeram e fazem parte da minha vida familiar e cotidiana”, realça o pai de João Guisande, ao acrescentar que existe vida após a aposentadoria “e vida criativa”.
A direção musical é de Ronei Jorge, que se baseia na canção Marinheiro Só, que já foi gravada por diversos cantores brasileiros, inclusive, pelo baiano Caetano Veloso. A dramaturgia e direção é de João Guisande. A iluminação é de Alisson de Sá.
Improviso
O espetáculo é um projeto de continuidade da pesquisa do ator João Guisande no campo da improvisação, contação de histórias, memórias afetivas e criativas do mesmo. “Foi por esse AMOR é um texto que nasce da vontade de ser pai à saudade de ser filho. Compreendo que nossas histórias são as mais preciosas”, realça Guisande.

Serviço
O quê: Foi por esse AMOR – Uma Comédia Familiar
Quando: 13, 20 e 27 de março, às 20h
Onde: Teatro Sesi Rio Vermelho
Ingresso: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑