Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 11 de março de 2019

Jam reúne Samy Thiébault e Mou Brasil na Aliança Francesa



Referências do jazz, marfinense-francês e brasileiro tocam juntos seus trabalhos autorais e clássicos do estilo



O encontro do instrumentista Samy Thiébault, francês nascido na Costa do Marfim, com o baiano Mou Brasil será o ponto alto da programação do Mês da Francofonia em Salvador. Num repertório que somará obras autorais de ambos com clássicos do jazz mundial e de referências comuns, a exemplo de John Coltrane, eles simbolizam a colaboração franco-brasileira numa verdadeira jam no dia 23 de março (sábado), às 20h30, no Teatro Molière da Aliança Francesa Salvador (Ladeira da Barra). Ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e podem ser adquiridos antecipadamente pelo Sympla.



Com o novo álbum “Caribbean Stories” recém-lançado em setembro de 2018, o saxofonista e flautista Samy Thiébault mergulha ainda mais na música crioula e mostra como o jazz é um gênero que resulta de encontros de povos resistentes e que, há séculos, transforma destinos dolorosos em esplendor. O artista teve educação musical tradicional no Conservatório de Bordeaux antes de entrar para o prestigiado Conservatoire National Supérieur de Musique, em Paris. Em paralelo, tornou-se mestre em Filosofia na Sorbonne. Em sua discografia, já havia outros seis álbuns, “Blues For Nel” (2004), “Gaya Scienza” (2007), “Upanishad Expériences” (2010), “Clear Fire” (2013), “A feast of friends” (2015) e “Rebirth” (2016), que lhe renderam enorme reconhecimento da crítica especializada e turnês em toda a Europa, sendo considerado um dos músicos mais emblemáticos de sua geração no continente.



Guitarrista e compositor, Mou Brasil desenvolve trabalho instrumental ligado às raízes brasileiras e jazz. Tem dois discos autorais lançados: “Esperança” (1992) e “Farol” (2013). É reconhecido pioneiro da música instrumental baseada em ritmos afro e contemporâneos no país. Participou de grupos que marcaram sua geração: Jazz Carmo Quinteto, Cozinha Baiana, Raposa Velha, Grupo Garagem e Bahia Black. Com mais de 40 anos de carreira, desde que começou a tocar, em 1976, a busca musical o levou a diversos países, como França, Estados Unidos, Suíça, Portugal, Espanha, Argentina, México, Uruguai, Israel e Japão.



MÊS DA FRANCOFONIA E ALIANÇA FRANCESA SALVADOR – Celebrado em todo o mundo, o Mês da Francofonia, tendo o dia 20 de março como Dia Internacional da Francofonia, é um evento anual que envolve o compartilhamento da língua francesa, respeitando a diversidade cultural e linguística, e que se expande para os valores humanistas e democráticos associados ao idioma. São estes os pilares sobre os quais está alicerçada a Organização Internacional da Francofonia (OIF), criada em 1970 para implementar ações políticas e de cooperação multilateral em proveito de populações francófonas – mais de 200 milhões de pessoas no mundo – e de países que dialogam com a cultura francófona, como é o caso do Brasil.



A Aliança Francesa, associação sem fins lucrativos que tem o objetivo de divulgar a língua e a cultura francesas, foi fundada em Paris em 1883 e, apenas dois anos depois, em 1885, chegou ao Brasil, com a unidade do Rio de Janeiro. Hoje, está presente em 138 países nos cinco continentes, com mais de 1,3 mil estabelecimentos, com apoio do Ministério de Relações Exteriores Francês. A Aliança Francesa Salvador, desde 1973, atua na capital baiana, articulando experiências relevantes para a comunidade local e suas relações globais.



Neste Mês da Francofonia, a Aliança Francesa Salvador, com apoio de France eMotion – Le Voyage Animé, Atout France, Institut Français, Air France e Aliança Francesa Brasil, realiza uma série de atividades artístico-culturais comemorativas.



A exposição “France eMotion – Le Voyage Animé” ocupa a galeria, de 12 de março a 27 de abril, com 35 obras de quatro fotógrafos internacionais: o beninense Ishola Akpo, o brasileiro Edu Monteiro, o norte-americano David Schalliol e a espanhola Lourdes Segade, que percorreram o território francês com suas câmeras na mão. Em colaboração com Muriel Enjalran, curadora da mostra, eles propõem um olhar singular sobre a diversidade cultural e paisagística da França. As imagens ganham vida através da realidade aumentada em aplicativo digital para telefone celular e levam o espectador a redescobrir toda a riqueza do patrimônio francês. A visitação é gratuita.



No dia 20, às 17h, o Café Terrasse recebe o “La Magie des mots”, um sarau de declamação de poesias em francês e português, com entrada franca. Já no dia 22, às 12h30, o mesmo local servirá um prato senegalês surpresa, preparado por Mamadou Gaye, diretor da Aliança Francesa Salvador, para degustação da gastronomia francófona.



Além disso, será lançado o concurso de texto e poesia “#ViveLaFrancophonie”, nas redes sociais da Aliança Francesa Salvador, de 12 a 29 de março. Os participantes concorrem a prêmios de R$ 500, R$ 250 e R$ 100, valores que serão utilizados como desconto nos cursos de Francês da instituição. Mais informações ficam disponíveis no site www.afbahia.com.br.



SERVIÇO

JAM NA ALIANÇA FRANCESA

Samy Thiébault (Costa do Marfim) e Mou Brasil (Brasil)

Quando: 23 de março de 2019 (sábado), 20h30

Onde: Teatro Molière da Aliança Francesa Salvador

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Venda antecipada pelo Sympla

Lotação: 122 pessoas

Classificação indicativa: Livre

Fotos e vídeos de divulgação: http://bit.ly/jamnaalianca

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑