Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 15 de junho de 2019

Oficina mobiliza agricultores para participarem de edital

 Teve início, nesta quinta-feira (13), em Salvador, a oficina de mobilização do novo edital do projeto Bahia Produtiva, no qual serão selecionados projetos socioambientais voltados para conservação e uso sustentável da biodiversidade.

A iniciativa, promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), tem o objetivo de facilitar o acesso e o entendimento de potenciais organizações que poderão acessar recursos deste edital.

Participaram do evento, representantes de associações, cooperativas, prefeituras e secretarias municipais do Território de Identidade Metropolitano. Serão realizadas oficinas em mais 15 Territórios de Identidade, a partir da próxima segunda-feira (17), nos Territórios Vale do Jiquiriçá, Bacia do Paramirim e Bacia do Rio Grande, nos municípios de Amargosa, Macaúbas e Barreiras, respectivamente.

De acordo com o assessor especial do Bahia Produtiva, Ivan Fontes, o edital vai trabalhar com o apoio a iniciativas que dialoguem com a sociobiodiversidade e a conservação de áreas de proteção ambiental: “Os territórios onde serão realizadas as oficinas possuem um maior grau de concentração nesse quesito”.

A agricultora familiar da Associação de Apoio a Agricultores e Moradores de Camaçari e Pião Manso, Maria Francisca dos Santos, conhecida como Nena, afirmou que quem faz parte do meio rural precisa estar atenta às políticas públicas: “Se a gente não participa, não entende. É preciso que os agricultores se unam para alcançar seus objetivos. O nosso é ter um trator para ajudar a gente na roça, uma casa de farinha e uma cozinha comunitária”.

O edital

O edital, com recursos de R$ 22,5 milhões, a serem distribuídos entre os 75 projetos socioambientais, que deverão ser selecionados após a etapa de manifestação de interesse, prevê um conjunto de políticas públicas voltadas para a conservação e uso sustentável dos ecossistemas, associado à produção sustentável, valorizando a população tradicional e extrativista que vive nas unidades de conservação, gerando oportunidades socioeconômicas para as comunidades, com inclusão socioprodutiva e alternativas criativas e diversificadas de renda para agricultores familiares, extrativistas e outros povos e comunidades tradicionais.

O edital, construído com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente (Inema), irá contribuir também para conservar e recuperar mananciais de água, tão importantes para a qualidade de vida e economia do Estado, além de estar em sintonia com alguns dos 17 Objetivos Globais do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑