Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 9 de julho de 2019

Estudantes homenageiam com teatro e poesia os 148 anos de morte de Castro Alves

 Estudantes do Colégio Estadual Ypiranga homenageiam com teatro e poesia os 148 anos de morte de Castro Alves   



Os estudantes do Colégio Estadual Ypiranga participaram, no sábado (6), da intervenção poética e teatral “A morte e ressurreição de Castro Alves”. O evento marcou a homenagem da unidade escolar aos 148 anos de morte do poeta baiano. Realizado junto ao Coletivo Poesia Além das 7 Praças (CPA7P), o projeto contou com a apresentação do velório do poeta Castro Alves, com recital dos alunos declamando poemas como: “Mocidade e morte”, “Tirania”, “As duas flores” e “O coração”. Após as performances, o cortejo, acompanhado da fanfarra do colégio, percorreu as ruas do bairro 2 de Julho até o coreto da Praça Castro Alves, onde foi finalizada a apresentação.

O articulador da Educação Integral, Janildo Ramos, do Colégio Estadual Ypiranga, contou sobre a importância da atividade para o aprendizado dos estudantes. “A escola é um espaço social importante em nossas vidas e é nela que construímos a nossa história, a nossa individualidade e as nossas relações sociais. O mote do espetáculo é respaldado em razão do falecimento do poeta Castro Alves, em 6 de julho de 1871, no espaço da sua última morada e que, hoje, abriga a instituição de ensino Colégio Estadual Ypiranga. O cenário foi armado nas dependências da unidade que, ao longo desses 170 anos da sua existência, ainda grita pela transformação de uma nação igualitária”, destacou.

Admiradora da obra de Castro Alves, a estudante Rebeca Ariel da Silva, 3º ano, relatou que participa todos os anos das homenagens a Castro Alves por considerá-lo uma referência na Literatura. “A celebração da morte do poeta é um evento muito significativo por conta de sua importância literária, tendo sido ele um poeta símbolo da liberdade e este evento traz para nós esse referencial importante. Daí ser tão necessário que os estudantes conheçam quem foi Castro Alves e o que ele nos deixou de obra para entender toda esta simbologia”.

A professora de Literatura Brasileira, Elizabeth de Oliveira, também falou do orgulho que a comunidade do Colégio Estadual Ypiranga tem em fazer parte de um espaço onde o poeta viveu seus últimos dias de vida. “Nosso colégio foi a última morada do poeta Castro Alves. Isto para nós é uma honra muito grande, porque serve de referência para o nosso trabalho em sala de aula e, também, nas atividades fora que participamos sempre com o objetivo de homenagear o poeta na data de seu aniversário ou no seu dia de morte, juntamente com os poetas das 7 Praças. Fisicamente o poeta se foi, mas seu legado é eterno”.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑