Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Começa dia 21 Festival Latino-Americano de Teatro da Bahia


De  21 a 29 de setembro, em nove espaços teatrais de Salvador e um em Buerarema, o Festival Latino-Americano de Teatro da Bahia – FilteBahia 2019 realiza sua Mostra de Espetáculos, com peças baianas, de outros estados brasileiros e internacionais,  o VIII Colóquio Internacional Cênico da Bahia – CICBAHIA, que tem como tema “Poéticas e Vozes do Feminino”, o NORTEA - Núcleo de Laboratórios Teatrais do Nordeste, sete cursos relacionados às artes cênicas, com profissionais brasileiros e de outros países e uma carinhosa homenagem aos 30 anos do Grupo Lambe-Lambe, que apresenta espetáculos dentro de uma caixa, tendo como plateia uma pessoa por vez. 

Concebido e realizado pelo Coletivo Oco Teatro Laboratório, o FilteBahia 2019 celebra 12 anos trazendo a Salvador montagens de Cuba, Reino Unido, Brasília, São Paulo, Paraná, mas também coloca em cena espetáculos baianos de Salvador e do interior do estado – Buerarema e Juazeiro. No NORTEA, que acontecerá no dia 28 de setembro na sala Cia de Teatro do TCA, reúne representantes dos espetáculos participantes do FILTE e representantes dos territórios do interior do estado para um encontro para intercambiar processos, experiências e pesquisas do fazer teatral. 

O festival também promove, entre os dias 26 e 29 de setembro, ações de internacionalização do teatro do estado da Bahia, com a presença de programadores nacionais e internacionais, rodada de negócios e o lançamento do “Kit de Promoção de Espetáculo Baianos” – estas duas últimas ações acontecerão no dia 28 de setembro no Memorial do TCA em parceria direta com a Funceb – Fundação Cultural do Estado da Bahia.

  

ESPETÁCULOS FILTEBAHIA 2019 – releases e fotos dos espetáculos anexos a este e-mail



Dias 23 – Abertura do FILTE 2019 - “Pupik-Fuga em 2” - Grupo Karavan Ensemble (Inglaterra) e Lume Teatro (São Paulo) - Teatro Gregório de Mattos, 19h.



Dia 24 setembro – “Pupik-Fuga em 2” - Grupo Karavan Ensemble (Inglaterra) e Lume Teatro (São Paulo) - Teatro Gregório de Mattos, 19h.



Dia 24 setembro  - Lambe-Lambe - “O Trago” - Foyer – Teatro Gregório de Matos – das 18h às 19h.



Dia 24 setembro  - Lambe-Lambe - “O Risco” - Foyer – Teatro Gregório de Matos – das 18h às 19h.



Dia 24 de setembro – “Das Coisa Dessa Vida” – Grupo Ricardo Fagundes – (Salvador) – Centro Cultural Plataforma, 16h – apresentação gratuita para a comunidade local.



Dia 24 setembro  - “Quando o Coração Transborda” – Grupo Esquadrão da Vida (Brasília) – Espaço Cultural da Barroquinha, 19h.



Dia 24 setembro  - Lambe-Lambe - “Aceso do Arraial” - Foyer - Espaço Cultural da Barroquinha – das 18h às 19h.



Dia 24 setembro  - Lambe-Lambe - “Aterro” - Foyer - Espaço Cultural da Barroquinha – das 18h às 19h.



Dia 25 setembro  - “Quando o Coração Transborda” – Grupo Esquadrão da Vida (Brasília)- Espaço Cultural da Barroquinha, 19h.



Dias 25 e 26 setembro – “Desmontando Cassandra” – ( Mostra Oco Teatro ) - Grupo Oco Teatro Laboratório e Cia Estupor de Teatro (Salvador) - Teatro Gregório de Mattos, 19h.



Dia 25 setembro – “Departures” - Grupo El Ciervo Encantado (Cuba) - Sala do Coro do Teatro Castro Alves, 20h30.



Dia 26 setembro  - Lambe-Lambe - “Dança do Parto” - Foyer – Sala do Coro – das 19h às 20h.



Dia 26 setembro  - Lambe-Lambe - “Dom Quixote” - Foyer – Sala do Coro – das 19h às 20h.



Dia 26 setembro – “Departures” - Grupo El Ciervo Encantado (Cuba) - Sala do Coro do Teatro Castro Alves, 20h30.



Dias 26 e 27 setembro – "Memórias do Fogo" – Coletivo Duo (Salvador) -  Espaço Cultural da Barroquinha, 19h.



Dia 26– “Que os Outros Sejam o Normal” – Grupo ATeliê VoadOR (Salvador) - Teatro Martim Gonçalves, 17h.



Dia 26 setembro  - Lambe-Lambe - “Meu Ser Pulsante” - Foyer – Martim Gonçalves – das 19h às 20h.



Dia 26 setembro  - Lambe-Lambe - “Joia Rara” - Foyer – Martim Gonçalves – das 19h às 20h.



Dia 27 setembro – “Que os Outros Sejam o Normal” – Grupo ATeliê VoadOR (Salvador) - Teatro Martim Gonçalves, 17h.



Dias 26, 27, 28 e 29 setembro – “Balada de Um Palhaço” – Grupo Cia Teatro Gente (Salvador) – Ateliê do Passo – Espaço Psit Mota, 21h30 dias 26 e 27 / 20h dias 28 e 29.



Dias 26 e 27 setembro – “Ovo” – Grupo Agon Teatro (Paraná) – Teatro Sesc Senac Pelourinho, 20h.



Dias 26 e 27 setembro – “Retalhos” – Grupo A Tribo: Arte e Sensibilidade e Instituto Macuco Jequitibá (Buerarema-Bahia) – Casa de Cultura Jonas e Pillar – Buerarema, 19h.



Dias 27 e 28 setembro – “Arrivals” – Grupo - El Ciervo Encantado (Cuba) - Sala do Coro do Teatro Castro Alves, 20h30.



Dias 28 e 29 setembro – “Cabaré Vibrátil” – Grupo ATeliê VoadOR (Salvador) - Teatro Martim Gonçalves, 20h30.



Dias 28 e 29 setembro – “Das Coisa Dessa Vida” – Grupo Ricardo Fagundes – (Salvador) – Espaço Cultural da Barroquinha, 19h.



Dias 28 e 29 setembro – “Teatro La Independencia” – (Mostra Oco Teatro) - Grupo Oco Teatro Laboratório (Salvador) - Teatro Gregório de Mattos, 19h.



Dias 28 e 29 setembro – “Sentimento Gis” - Grupo Cleybson Lima ( Juazeiro) - Teatro Gamboa Nova, 20h.



Dias 28 e 29 setembro – “As Fabulosas Viagens de Federico” (infantil) – Grupo Instituto Macuco Jequitibá (Buerarema) – Casa de Cultura Jonas e Pillar – Buerarema, 17h.



Dia 29 setembro – “Black Rivers” – Grupo Patrick Campbell (Inglaterra) – Sala do Coro do Teatro Castro Alves, 16h e 20h30.



As apresentações cênicas do FilteBahia 2019 terão ingressos a preços populares,  R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia), e serão vendidos pelo Sympla e nas bilheterias dos teatros : Teatro Gregório de Mattos, Espaço Cultural da Barroquinha, Teatro Martim Gonçalves, Sala do Coro do Teatro Castro Alves, Ateliê do Passo (Espaço Psit Mota), Teatro Sesc Senac Pelourinho, Teatro Gamboa Nova e Casa de Cultura Jonas e Pilar (Buerarema). O espetáculo no Centro Cultural Plataforma será gratuito, respeitando a capacidade do local.



VIII Colóquio Internacional Cênico da Bahia – CICBAHIA -  “Poéticas e Vozes do feminino” - de 23 a 27 de setembro - Teatro Martim Gonçalves  - Ciente da importância de articulação e estreitamento entre a pesquisa artístico-científica, desenvolvida no âmbito das instituições de ensino superior e a realidade profissional contemporânea, o Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFBA em parceria com a equipe de Produção do Festival Internacional de Teatro Latino Americano propõe a realização das jornadas latino-americanas de artes cênicas, sob o tema de “Poéticas e Vozes do Feminino”, promovendo, assim, o intercâmbio de ideias e experiências entre artistas brasileiros e pesquisadores e artistas locais e internacionais.

A escolha temática deste VIII Seminário Internacional reflete a complexidade tanto teórico-crítica como prático-formativa imposta pelas artes cênicas contemporâneas ao professor, ao artista, ao pesquisador e ao público. Imbuídos destas inquietações o VIII Colóquio Cênico Internacional da Bahia acolherá abordagens acerca de gênero e identidade de gênero, problematizando-as na perspectiva dos debates feministas contemporâneos, impulsionados por importantes diálogos com universos artísticos distintos; favorecendo profícuos intercâmbios com mulheres teóricas e/ou profissionais da moda, do audiovisual, do teatro, da dança e da performance. É igualmente importante ressaltar que a realização deste colóquio é fruto direto da recente parceria do Grupo Oco Teatro Laboratório e a Cia Estupor de Teatro, esta última sob a liderança da Professora Doutora Antonia Pereira Bezerra, cujas pesquisas tem com eixo privilegiado as questões de gênero, arte e diversidade. A ideia deste colóquio originou-se e tomou forma durante os ensaios de “Desmontando Cassandra”, Texto de Antonia Pereira, com Direção de Luis Alonso, líder do Grupo Oco Teatro Laboratório.



Coordenação: Antonia Pereira,Deolinda Vilhena e Luis Alonso

Local: Teatro Martim Gonçalves



VIII Colóquio Internacional Cênico da Bahia – coordenação: Antonia Pereira, Deolinda Vilhena e Luis Alonso - Local: Teatro Martim Gonçalves - Programação:



Dia 23 de setembro – segunda-feira – “Corpo-Ritual-Relação” – com Naomi Silman (Lume Teatro) e Yael Karavan (Karavan Ensemble-Reino Unido) – debatedora - Antonia Pereira – 09h às 12h.



Dia 24 de setembro – terça-feira – “Gênero, Raça e Processos de Criação no Cárcere, no Terreiro e nos Palcos” - com Joice Aglae, Simone Requião, Oninsajé (Fernanda Júlia, do PPGAC / UFBA) e Christine Douxami (Franche Comté) - debatedora – Deolinda Vilhena (UFBA) – 09h às 12h.



Dia 25 de setembro – quarta-feira – “Imagem e Pensamento Criador” e “Rupturas e Resistências: corporalidades de mulheres imigrantes latino-americanas - uma proposta de investigação-criação em dança contemporânea” - conferencistas – Sonia Rangel e Carolina Mahecha Quintero (Universidade de Toulouse Jean-Jaurés ) - debatedora – Simone Requião (PPGAC / UFBA) – 09h às 13h.



Dia 26 de setembro – quinta-feira – “Moda, Ativismo e Performance: poéticas feministas e antirracistas” - conferencista – Carol Barreto (IHAC-NEIM/UFBA) - debatedora – Marcia Limma (Vilavox) – 09h às 12h.



Dia 27 de setembro – sexta-feira – “Departures – Arrivals, díptico de la migración cubana” – com Mariela Brito e Nelda Castillo (Instituto Superior de Artes de Havana) – mediadora - Antonia Pereira (UFBA) – 09h às 12h.



NORTEA - Núcleo de Laboratórios Teatrais do Nordeste – O NORTEA, como cada ano, desenvolve um trabalho de encontros e intercâmbios entre criadores nacionais e internacionais. Na edição de 2019, com o intuito de unir internacionalização com interiorização da arte no estado da Bahia, o FilteBahia em parceria com a FUNCEB organiza um dia de residência de artistas convidados do interior baiano na sala Cia de Teatro do TCA com artistas consagrados nacionais e internacionais. A diretora teatral Nelda Castillo e a atriz Mariela Brito, ambas cubanas, compartilharão seus processos de produção e pesquisa artística com os convidados do interior, assim como a premiada atriz baiana Evelin Buchegger partilhará suas experiências com o improviso teatral.



Homenagem aos 30 anos do Grupo Lambe-Lambe - Foi na capital baiana que nasceu o Teatro Lambe-Lambe, em 29 de setembro de 1989, criado pelas arte-educadoras Denise di Santos e Ismine Lima. Inspirado nos equipamentos dos fotógrafos de lambe-lambe que realizavam seu trabalho nas praças da cidade, os espetáculos do teatro lambe-lambe são apresentados dentro de uma caixa construída pelo artista lambelambeiro e tendo como plateia apenas um expectador por vez.



Essa técnica ganhou adeptos em diversos lugares do Brasil e de outros países, além de mobilizar festivais específicos da técnica como o Festilambe, no Chile, e o FESTIM em Belo Horizonte/MG. Em 2019, o Teatro Lambe Lambe, expressão genuinamente baiana, completa trinta anos de existência e, ao longo do tempo, vem afirmando cada vez mais seu espaço junto à cena brasileira.



Lambe-Lambe - Um espetáculo de Teatro de Lambe-Lambe dura, em média, dois ou três minutos. O lambelambeiro, artista que conduz o espetáculo manipulando os bonecos em miniaturas, se apresenta repetidas vezes durante o evento, fazendo espetáculos individuais, ou seja, atendendo um espectador por vez. É um programa diferente que pode ser apreciado por toda a família, crianças e adultos, e cada um vive individualmente o seu próprio espetáculo, divertindo-se e se emocionando, olhando dentro da caixa para viver, por alguns minutos, uma história inteira acontecendo na menor das salas de espetáculos. Como traduz Denise Di Santos, criadora da técnica: “os minutos de um espetáculo em uma caixa de Lambe-Lambe são, pra mim, a invasão do centro do espelho, é o momento de se modificar e modificar o outro”.



CURSOS – Serão oferecidos seis cursos durante o FilteBahia 2019, que estão com inscrições abertas no site do festival:



O corpo do ator como micro-laboratório –Patrick Campbell / Manchester Metropolitan University / Reino Unido.

Laboratório de dramaturgia:trilhas possíveis – Paulo Atto (Cia Avatar-Bahia).

Programa de capacitação – GIRART – "empreender em cultura"- perspectivas da internacionalização- Marcelo Castillo - GIRART (Argentina).

Laboratório 'de/formações cênicas em corpos líquidos'(cor) – Luis Alonso-Aude (Oco Teatro- Bahia).

Oficina de Butoh- Yael Karavan / Karavan Ensemble / Reino Unido.

Da Energia à Ação - Naomi SIlman/Lume Teatro (SP).


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑