Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 26 de outubro de 2019

Supercomputador voltado para pesquisa industrial é inaugurado no Senai Cimatec

O computador mais potente do país voltado integralmente para pesquisa industrial foi inaugurado nesta quinta-feira (24), no Senai Cimatec, em Salvador. O supercomputador AIRIS (Artificial Intelligence RSB Integrated System) é fruto de uma parceria entre a instituição e a Repsol Sinopec Brasil. Voltado prioritariamente para o setor de óleo e gás, o AIRIS recebeu investimentos da ordem de R$ 27 milhões e possui capacidade de processamento de 800 teraflops.

O secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, ressaltou a importância de o Cimatec recepcionar este novo equipamento, fundamental na atração de novos empreendimentos industriais para a Bahia. “A indústria se instalará nesse novo cenário na medida em que também tiver a certeza que possa ampliar sua capacidade de produção e usar todo esse padrão tecnológico para mudar e melhorar a vida das pessoas. É o uso da inteligência artificial que vai contribuir, inclusive, na exploração do pré-sal, de uma forma bem mais eficaz, fazendo a leitura de águas profundas, podendo antecipar-se as adversidades. Com essa leitura de imagem, com a capacidade de usar softweres cada vez mais avançados do ponto de vista dessa inteligência artificial, vamos poder identificar os caminhos e, claro, poder subtrair muito mais riquezas para a Bahia”, disse.

Já o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, destacou que "ter o supercomputador mais potente do Brasil, voltado para pesquisa de petróleo e gás, é um importante marco para a inovação industrial na Bahia". Com a construção e operação do AIRIS,  "o Cimatec traz uma tecnologia transformadora e multidisciplinar para os processamentos de dados de alto desempenho, elevando a Bahia para um novo patamar nos quesitos de exploração e produção desses bens", afirmou  Dauster.

O novo supercomputador irá aprimorar o tratamento de big data, o uso de algoritmos complexos para machine learning, processamentos de alto desempenho e simulações de alta fidelidade. Mesmo sendo voltado prioritariamente para o setor de óleo e gás, o AIRIS também pode beneficiar outros segmentos que demandam alta capacidade de processamento, como os de energias renováveis, biotecnologia e mineração, além de possibilitar aplicações em inteligência artificial.

Também participaram da inauguração o presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, João Batista, o Embaixador da Espanha no Brasil, Fernando Garcia Casas, o superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Alfredo Renault e a Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Repsol Sinopec Brasil, Tâmara Garcia.

Fotos: Ascom/Seplan

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑