Seja bem-vindo. Hoje é

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Alunos utilizam história para valorizar cultura afro no Desfile da Beleza Negra

Trajes em tecidos afro, muito dourado na maquiagem, postura e elegância chamaram a atenção do público no 13º Desfile da Beleza Negra, realizado pela Escola Municipal Vivaldo da Costa Lima, nesta quinta-feira (28), no Largo Tereza Batista, no Pelourinho. Com o intuito de ressaltar a cultura e identidade negras, 22 alunos e alunas, de seis a 14 anos, subiram a passarela, cada um representando um país do continente africano. A iniciativa integra a série de atividades promovidas pela Secretaria Municipal da Educação (Smed) ao longo deste mês, quando é lembrado o Dia da Consciência Negra.

O evento foi aberto com os hinos do Brasil e África do Sul. Representando Angola, a estudante do 5º ano, Jequitiara Júlia Silva, 11 anos, foi uma das primeiras a subir ao palco. Com vestimenta dourada, torço na cabeça e muito brilho na maquiagem, fez questão de comentar sobre a alegria de representar o povo negro. “Como nós somos bonitos e como toda nossa gente tem tanta beleza. Eu estou me sentindo linda em representar a nação de Angola”, revelou a garota. 

Para Fabrício Matos, de 11 anos, que representou a Etiópia, os povos africanos têm uma beleza muito especial. “Adorei vestir essas mantas vermelhas com colares de coco e pedras. Estou me sentindo um verdadeiro rei”, brincou o menino que brilhou na passarela pela elegância e personalidade. 

Para a diretora da escola, Joseane Copique, o objetivo do desfile é reconhecer a importância histórica e cultural do povo negro. "Além disso, fazemos esse evento para valorizar a autoestima dos alunos. Estimulamos o empoderamento deles o ano todo e, sempre durante o mês de novembro, promovemos esse desfile que ilustra o quanto eles se sentem bem com suas identidades”, assinalou a pedagoga. A Escola Municipal Vivaldo da Costa Lima fica no Santo Antônio Além do Carmo e atende a 220 alunos, da 1 ª a 5ª série do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

Os jurados levaram em consideração os quesitos como plástica, simpatia, elegância e presença de palco, além de conhecimento sobre o país africano que está representando. Os dois casais vencedores foram presenteados com cestas de kits de beleza contendo cosméticos, perfumes e itens de higiene pessoal. Além do desfile, a programação do evento contou ainda com a apresentação da peça “África Contada”, do grupo de teatro da Policia Militar da Bahia (PM-BA), e o espetáculo de dança “Negras Perfumadas”, do Projeto Mais Educação da Vivaldo da Costa Lima.



0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑