Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 11 de janeiro de 2020

“Na Cadência do Samba” é aberta temporada de concertos do Polo de Orquestra do Pelourinho – POPELÔ


É o maestro Fred Dantas, com a sua Orquestra São Salvador, quem abre a programação 2020 do POPELÔ – Polo de Orquestras do Pelourinho, do Pelourinho Dia e Noite, uma das ações concebidas e  coordenadas pela Diretoria de Gestão do Centro Histórico, órgão da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult). No dia 11 (sábado), às 17h, ele sobe ao palco montado no Cruzeiro do São Francisco e faz o concerto “Na Cadência do Samba”, que no repertório tem de “Retalhos de Cetim”, de Benito de Paula, a “Sandália de Prata”, de Ari Barroso, do “Hino do Senhor do Bonfim”, de Arthur de Salles - J.A. Wanderley a “O que é que é” de Gonzaguinha.



O concerto “Na Cadência do Samba” tem participação especial como cantor, de Mário Bezerra, conhecido pela sua atuação no teatro de comédia, em comerciais de TV e também pelo seu recente show musical solo. Além de um dueto que fará ao lado de Bea Monique,  Mário vai apresentar uma série de sambas que fizeram história na música brasileira. Com cadeiras na plateia, as apresentações gratuitas do POPELÔ acontecem ainda no dia no dia 18, com a Orquestra de Câmara de Salvador, do maestro Ângelo Rafael e no dia 25 com a Sanbone Pagode Orquestra, do maestro Hugo Sanbone. Os ensaios abertos com a Orquestra Afrosinfônica, do maestro Ubiratan Marques, serão realizados às quartas, nos dias 15, 22 e 29, no Largo do Pelourinho, às 19h.



O POPELÔ – Polo de Orquestras do Pelourinho, existe desde a primeira edição do Pelourinho Dia e Noite, em 2017, e patrocina a realização de ensaios e concertos gratuitos, em locais abertos e fechados no Centro Histórico de Salvador, prestigiando o trabalho primoroso realizado pelas orquestras da capital baiana. Desta maneira, o programa a música sinfônica, popular, erudita e de raízes africanas que são marca das quatro orquestras que fazem parte do POPELÔ - Orquestra São Salvador, do maestro Fred Dantas, Orquestra de Câmara de Salvador, do maestro Ângelo Rafael, Sanbone Pagode Orquestra, do maestro Hugo Sanbone e Orquestra Afrosinfônica, do maestro Ubiratan Marques.

Sobre o concerto “Na Cadência do Samba” – O concerto é um tributo ao nosso ritmo nacional, o samba, em algumas das suas variantes, revela o maestro Fred Dantas. “Por estarmos no tempo do novenário do Senhor do Bonfim, iniciaremos com o hino a ele dedicado. Incluímos neste programa uma seleção de chorinhos - primo irmão do samba -  e duas  modinhas brasileiras, uma da cultura popular do sul e outra de Heitor Villa Lobos, nosso compositor maior”, conta ele .

“Em seguida aparece a composição que dá título ao nosso concerto, Na cadência do samba, do pernambucano Luis Bandeira (1923-1998), que se tornou extremamente popular ao ser associada às transmissões de futebol pelo Canal 100, um cine-jornal criado em 1957 por Carlos Niemeyer”, conclui o maestro que diz que a parte final do concerto faz referência ao samba do Recôncavo, presença maior na Lavagem de N. Sra. da Ajuda, em Cachoeira.

Confira o programa da apresentação :

Arthur de Salles - J.A. Wanderley              Hino  N. Sr. do Bonfim

Dorival Caymmi, Ari Barroso                                   Abertura da Bahia

e Baden Powell

Luis Americano                                                        É do que há

Luis dos Santos, Saraiva                                         Bodas de Ouro

Moacir Santos                                                          Outra Coisa

Heitor Villa Lobos                                                    Melodia Sentimental  

Cultura do R.G. do Sul                                            Prenda Minha                   

Luis Bandeira                                                           Na Cadência do Samba

Dorival Caymmi                                           Coqueiro de Itapoã

Andew Lloyd Webber                                    Tudo que se quer

Benito de Paula                                            Retalhos de Cetim

Vinicius - Toquinho                                            Tarde em Itapoã

Gonzaguinha                                               O que é que é

Ari Barroso                                                  Sandália de prata

Dorival Caymmi                                           Maracangalha

Cultura de Cachoeira                                     Embalo da Ajuda

                                                                          (arranjos: Fred Dantas)



Orquestra São Salvador – concerto “Na Cadência do Samba”



Voz

Mário Bezerra

Beatriz Monique



Flauta

Mariane do Carmo

Samuel Egídio



Clarineta

Lucas Soares

William Alexandria



Sax barítono

Antônio Dácleo



Saxofone alto

Cayo Brito



Saxofone tenor

Claudian Duarte



Trompete

Alana Rana

Guilherme Chagas



Trombone

George Souza

Hebert Pereira



Piano

Estevam Dantas



Guitarra

Ítalo Gramacho



Contrabaixo

Reinan Proença



Bateria

Lucas Paulo



Percussão

Luan Badaró



Serviço :



POPELÔ – Polo de Orquestras do Pelourinho, do Pelourinho Dia e Noite

Concerto “Na Cadência do Samba”, com a Orquestra São Salvador, regida pelo maestro Fred Dantas

Participação especial de Mário Bezerra

Data e horário : 11 de janeiro, às 17h

Local : Cruzeiro do São Francisco

Gratuito e com cadeiras para plateia


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑