Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

População pode contribuir com dossiê para reconhecimento da Festa de Iemanjá

A população de Salvador já pode colaborar com o dossiê técnico que vai servir como base do processo de reconhecimento da Festa de Iemanjá como Patrimônio Cultural de Salvador. Disponibilizado pela Prefeitura, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), o documento pode ser consultado e receber contribuições dos cidadãos até o dia 16 de janeiro pela internet, no link http:// bit. ly/ 34yW928. 

Os anexos estão disponíveis para consulta na sede da FGM, na Ladeira da Barroquinha, 2, Barroquinha – próximo ao Espaço Cultural da Barroquinha, de segunda a sexta-feira, mediante agendamento prévio pelo telefone (71) 3202-7864. Após recebimento e análise das propostas, o material será encaminhado ao Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, para análise e emissão do parecer final. 

Para a doutora em Antropologia e uma das responsáveis pela elaboração do dossiê, Cristiane Sobrinho, a festa de Iemanjá traz para os espaços públicos um culto a um orixá africano, reaproximando a celebração dos seus cultos originais na Nigéria, onde a população tem ampla participação nos festejos. “Ela visibiliza um culto africano que foi historicamente no Brasil obrigado a se manter em locais privados, longe dos olhares da sociedade mais ampla. É uma celebração única no Brasil e, graças aos esforços dos pescadores do Rio Vermelho, podemos visibilizar essa cultura dos antepassados e do povo do mar”, afirma. 

De acordo com a Diretora de Patrimônio e Humanidades da FGM, Milena Tavares, o registro preserva o conhecimento da manifestação. “Trata-se de uma das mais significativas festas de Salvador, com repercussão internacional. O registro é, antes de tudo, um reconhecimento do seu mérito cultural e garante apoio institucional aos produtores. A Festa de Iemanjá, no dia 2 de fevereiro, no Rio Vermelho, é referência cultural no calendário de festas da cidade. A única (festa) que é devotada a uma divindade do Candomblé, fortalecendo a apreensão da nossa diversidade cultural”, destaca.

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑