Seja bem-vindo. Hoje é

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

BAHIACOOP 2020: edição inovadora e de sucesso


 Evento digital apresentou a força e as vantagens do cooperativismo 



“Sejam muito bem-vindos à 6ª edição do Encontro Estadual de Cooperativas Baianas – BAHIACOOP, maior evento do cooperativismo baiano!” Essa foi a chamada que ouvimos nos últimos dois dias (20 e 21/10/2020), quando o  BAHIACOOP foi ao ar, pelo canal do YouTube do Sistema Oceb, conectando centenas de pessoas para refletir sobre o tema: “Cooperativismo e Empreendedorismo gerando resultados econômicos e sociais”. 


Atrair o público, evidenciar o cooperativismo, movimentar a sociedade, ampliar a divulgação, trazer nomes de destaques no cenário nacional, abordar o negócio cooperativo, trazer inovação e demonstrar a força do Sistema Cooperativista Baiano foram fontes impulsionadoras para que o Sistema Oceb seguisse na realização do BAHIACOOP, de forma inédita, num ambiente totalmente virtual. Amparado na certeza da essencialidade do evento e na oportunidade de disseminar o cooperativismo, o Sistema Oceb seguiu firme no seu propósito e o resultado foi alcançado.  


Destaques do primeiro dia do Encontro 


O diferencial desse ano foi muito bem evidenciado pelo presidente do Sistema Oceb, Cergio Tecchio, durante a transmissão. “Como é on-line, todo o Brasil, e até o mundo, pode participar do nosso BAHIACOOP. O Sistema Oceb está preparado para mostrar o que é cooperativismo. Nós, aqui no estado, somos quase 300 mil baianos que são sócios de cooperativas, participando do movimento cooperativista, que traz em sua pujança todos os ambientes econômicos como agricultura, crédito, saúde, trabalho, transporte, educação, consumo e infraestrutura, além do destacado comprometimento social, mostrando que o cooperativismo faz a diferença”.   


Alinhado ao discurso de Tecchio, o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras - OCB e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo - Sescoop, Márcio Lopes, falou sobre a força do cooperativismo brasileiro e as estratégias adotadas para o desenvolvimento desse modelo de negócios. “Tudo que a família cooperativista baiana faz aí na Bahia é o que nós fazemos em nível nacional. Nós coordenamos o cooperativismo brasileiro, um cooperativismo pujante, forte, muito bem estabelecido. Para ter uma ideia, quando fala em nível nacional existe um universo de mais de sete mil cooperativas, em todas as atividades econômicas, espalhadas nos 26 estados, e no Distrito Federal. São 15 milhões de cooperados, e se cada cooperado tiver, pelo menos, três familiares, estamos falando de 60 milhões de pessoas nesse movimento”, disse. 


Mostrando ao público a força institucional do cooperativismo junto ao Congresso Nacional, o BAHIACOOP contou com a participação do Deputado Federal eleito pelo Estado do Espirito Santo e Presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), Evair de Melo, que trouxe informações importantes sobre as ações da Frente Parlamentar que atua dentro do congresso nacional, composta por deputados e senadores.  “Essa Frente sempre insere o cooperativismo na agenda política do país para que o nosso modelo de negócios se desenvolva cada dia mais. Nós temos uma doutrina já experimentada nos quatro cantos do planeta e a única que, ao longo do tempo, mesmo com desafios econômicos, sanitários, ou com desafios de embates civis, tem essa capacidade de, diante dessa diversidade, sempre dar um passo a frente e de forma coletiva”, explicou.  


Quem marcou presença para encerrar o primeiro dia do evento foi o Embaixador Ibero-Americano para Cultura, cantor e compositor, Carlinhos Brown. Utilizando elementos artísticos, como a música, Brown deixou a mensagem de como a cooperação está presente na sua trajetória: “É um prazer poder falar sobre cooperação e sobre empreendimento coletivo, porque aprendi isso na prática, ainda pequeno, vivendo a coletividade do lugar onde nasci, o meu querido Candeal Pequeno de Brotas. E sendo ainda a minha própria carreira construída de uma forma coletiva, todos os ganhos que tenho vejo sendo frutos dessa coletividade, e isso é algo que engrandece muito a minha vida e o meu fazer artístico.” 


Participações do segundo dia  


A programação do último dia do evento abriu espaço para mostrar o quanto o cooperativismo tem sido ferramenta importante para promover o empoderamento e a autonomia da mulher, oportunizando a participação em espaços de poder e decisão. E representando as mulheres cooperativistas da Bahia, a reflexão sobre esse assunto ficou a cargo de Maria Vandalva, presidente da cooperativa de crédito, Sicoob Coopere.  


Antes de iniciar sua narrativa, repleta de vivências e significados, a palestrante saudou a comunicadora e mestre de cerimônias do evento, Rita Batista, destacando o quanto ela é uma mulher empoderada e inspiradora. Vandalva trouxe reflexões sobre o quanto as mulheres têm atuado nas comunidades, por meio do cooperativismo, para melhorar a vida das pessoas. “O cooperativismo, enquanto modelo de empreendedorismo coletivo, nasceu para curar dores profundas da sociedade, sobretudo para as mulheres, que enfrentaram dores, como as discriminações e desigualdades. O cooperativismo tem curado dores financeiras, educacionais, de transporte, de saúde, de produção agropecuária, de pequenos agricultores familiares, de infraestrutura, de consumo justo, de trabalho e de produção de bens e serviços. A prática da cooperação é uma prática concreta de compartilhamento de recursos, de esforços, de saberes, e de resultados”, refletiu.  


E para trazer mais experiências a partir de situações da vida onde todos cooperam e ganham juntos, o encerramento do evento foi show de bola, pois contou com a presença do ex-jogador da seleção brasileira de vôlei, Tande. Com palavras inspiradoras, o medalhista olímpico falou sobre como o trabalho em equipe traz resultados para todos e potencializa o sucesso, e assim é o cooperativismo. Dentre os pontos tratados, Tande falou sobre a necessidade das pessoas se reinventarem no jogo da vida, buscando se capacitar para contribuir com o conjunto, além de exercitar a união, a resiliência, a cooperação e o senso de pertencimento. “O se sentir dono do seu negócio é assim como nós atletas no sentimos também. Nos sentimos donos da seleção brasileira de vôlei! O orgulho de pertencer ao time e buscar alcançar o mesmo propósito e objetivo. Como a Vandalva falou, a importância de se trabalhar no cooperativismo que tem, desde o começo até o fim, a resiliência da entrega da excelência através da bondade, do que é certo, do que é fundamental para a gente ajudar a sociedade como um todo”, comentou Tande.  


Interação e opiniões 


O público interagiu no chat durante os dois dias do evento fazendo perguntas aos palestrantes e, também aproveitando o espaço para deixar mensagens de entusiasmo, motivação e agradecimento. Para Cátia Dorr, o BAHIACOOP “é a vitrine do cooperativismo da Bahia. É nele que também recarregamos nossa energia cooperativista, onde quebramos muitos paradigmas, mas, principalmente, é um ambiente embrionário de novas ideias e de parcerias através da intercooperação”. 


Teve também quem participou pela primeira vez do encontro. “Esta foi minha primeira participação no BAHIACOOP e minha impressão foi positiva nestes dois dias e pelas temáticas abordadas e pelas pessoas convidadas. E que tenhamos brilho nos olhos para falarmos ainda mais à sociedade baiana sobre o movimento cooperativista e seus benefícios para um mundo mais saudável e sustentável”, disse Robson Sande.  


Já para Lucinete Maria dos Santos, o evento proporcionou muitos aprendizados. “Esse último BAHIACOOP foi maravilhoso! As explanações só vieram a acrescentar e quero aplicar os aprendizados no meu dia dia e nos futuros negócios que eu vier a fazer. Agora é aguardar o próximo!”, concluiu. 


 


Sugira o tema da próxima edição 


O BAHIACOOP acontece de 2 em 2 anos e é pensado coletivamente! Por isso, convidamos você a sugerir o tema da próxima edição. O que você gostaria de ver na edição de 2022? Clique aqui e dê sua sugestão!  


 


Mais informações 


Os vídeos do BAHIACOOP estão disponíveis no canal do YouTube do Sistema Oceb (clicando aqui).  Já outros conteúdos podem ser acessados pelas redes sociais do Sistema Oceb e no site específico que reúne informações sobre o evento. Acesse https://www.somosbahiacoop.com.br/ e saiba mais! 


Esperamos vocês na edição de 2022! Até lá! 


 


Por Sistema Oceb 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑