Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 3 de outubro de 2020

Salvador ganha novo equipamento esportivo em São Marcos



 O incentivo ao esporte na primeira capital do Brasil ganha mais um importante reforço com o Estação Cidadania, construído pela Prefeitura no bairro de São Marcos. Com investimento de R$3,8 milhões, com recursos federais e contrapartida municipal, o equipamento de 2,5 mil m² foi entregue nesta sexta-feira (2), com as presenças do prefeito ACM Neto, dos secretários municipais do Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), Sidelvan Nóbrega, e de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Luciano Sandes, e representantes do Ministério da Cidadania.

O prefeito destacou a importância do Estação Cidadania para uma região carente de estruturas do tipo. “Este é um equipamento construído em altíssimo padrão, que não deve nada a qualquer ginásio esportivo da cidade. Além das aulas, que a princípio deverão acontecer em atividades individuais ou em dupla, o local também será permitido ao uso pela comunidade e até mesmo para competições esportivas”, explicou ACM Neto.

Para o secretário Sidelvan Nóbrega, o Estação Cidadania visa ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público qualificado para público que vai do infantil ao adulto, incentivando a iniciação esportiva em localidades carentes. O início das atividades está previsto para o mês de novembro. “Aqui é um ginásio de alto rendimento e que terá também, como objetivo, identificar novos atletas”, completou.

Estrutura – Foram realizados serviços de edificações e estrutura esportiva, como a construção de um ginásio poliesportivo com arquibancada para 181 ou 122 lugares, setor de administração, sala para professores e técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, academia, banheiros, copa e depósito. O espaço proporcionará ainda a prática de atividades esportivas acompanhadas por especialistas, impulsionando o desenvolvimento técnico, físico, mental e educacional dos participantes.

No local serão promovidos cursos teóricos, práticos e materiais esportivos para as modalidades olímpicas (basquetebol, ginástica rítmica, handebol, judô, taekwondo e vôlei) e paraolímpicas (judô e voleibol sentado), além de lutas, boxe e futebol.

Capacitação – O espaço também realizará acompanhamento psicossocial para os participantes. Serão beneficiados cerca de 780 crianças e jovens anualmente, com idades entre 8 e 18 anos, que comprovem frequência escolar de nível fundamental ou médio em instituições públicas, além de atletas vinculados a clubes, escolas, universidades, ligas e federações para aprimoramento esportivo.

Para acompanhar e realizar o atendimento individualizado de crianças e jovens que iniciarem a prática de modalidades olímpicas e paraolímpicas, serão designados técnicos especializados na Gestão de Detecção de Atleta de Alto Rendimento. A logística será vinculada a toda rede esportiva de Salvador.

Os profissionais envolvidos diretamente na orientação dos atletas terão capacitação uma vez ao ano. O objetivo é manter todos os instrutores atualizados e aptos para aplicar novas tendências e métodos de treinamentos, direcionados tanto para o lado técnico quanto para o preparo físico e mental dos atletas.


Fotos: Max Haack/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑